NotíciasÚltimas

Irmão Joaquim, um dos “Heróis da Pátria”

Em Julho de 2015, o deputado federal Esperidião Amin apresentou o Projeto de Lei 2.255. Na segunda-feira, 15, o presidente Michel Temer sancionou a matéria, que virou a Lei 13.623/2018 e inscreve o nome do Irmão Joaquim do Livramento no Livro dos Heróis da Pátria. 
Joaquim Francisco da Costa, nascido na antiga vila de Nossa Senhora do Desterro, atual Florianópolis, foi o responsável pela arrecadação de esmolas para construção do primeiro hospital de Santa Catarina, inaugurado em 1789, hoje denominado “Imperial Hospital de Caridade”.
Ele também foi o responsável pela construção da Casa dos Órfãos S. Joaquim da Bahia (asilo de meninos – 1798), Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre – RS (hospital – 1803), Casa Pia da Santíssima Trindade de Jacuecanga – RJ (asilo de meninos – 1809), Seminário de Nossa Senhora do Bom Conselho de Itu – SP (asilo de meninos – 1821), Seminário de Sant’Ana da Cidade de São Paulo – SP (asilo de meninos – 1824). Trabalhou também com a catequese dos indígenas em São Paulo, Paraná e Bahia – 1819. 
“O Irmão Joaquim do Livramento, cuja biografia, plena de realizações em favor da justiça social e do atendimento aos mais pobres, em diversas regiões do País, é, sem dúvida, um dos “Heróis da Pátria,” argumentou Amin.