Blog do Prisco
Manchete

Amin homenageia Antonieta e Leonor de Barros, Cruz e Sousa, e a vereadora de Joinville,

Segue abaixo a homenagem do senador Esperidião Amin, no Dia da Consciência Negra:

Hoje, 20 de novembro, o dia em que se celebra o Dia da Consciência Negra, quero reverenciar algumas figuras que de alguma forma devem tomar um espaço especial na nossa reflexão. Em primeiro lugar vou me referir a Antonieta de Barros e a sua irmã Leonor de Barros, que foi a minha primeira professora, quem me alfabetizou. Além delas, homenagear Cruz e Sousa, o nosso grande simbolista, chegando até a figura da vereadora de Joinville, Ana Lúcia Martins, para dizer o quanto nós devemos evoluir para termos realmente uma sociedade integrada e justa. É um dia de reflexão!

Para finalizar, quero citar três livros marcantes para a nossa reflexão neste dia. Primeiro, o livro “Escravidão”, de Laurentino Gomes; segundo, o livro que foi a dissertação de mestrado de Fernando Henrique Cardoso, feito em parceria com o antropólogo Octávio Ianni, “Côr e Mobilidade Social em Florianópolis”, de 1957; e o mais recente, o livro “Africanos Livres”, da professora Beatriz G. Mamigonian. Três livros que ajudarão muito a iluminar o nosso pensamento.

Posts relacionados

Cancelada a retroatividade a procuradores

Redação

Nota do PSL-SC tenta amenizar crise no partido

Redação

Dia Internacional da Mulher tem corrida de rua exclusiva para elas em Florianópolis

Redação