Blog do Prisco
Destaques

Ano se inicia com intensa demanda na Defensoria Pública de SC

Tarde de terça, dia 08, na recepção da sede da Defensoria Pública de Santa Catarina, localizada na Avenida Othon Gama D´Eça , 622, centro da Capital, é intenso o movimento de pessoas que buscam as orientações e os serviços  da Instituição. 

São cidadãos catarinenses não tem condições de pagar pelo acesso à Justiça. E está sendo assim todos os dias da semana na Defensoria Pública de Santa Catarina.  O fluxo de pessoas é cada vez maior. Eles buscam a Instituição a procura de respostas e de soluções para seus problemas que podem ser resolvidos de maneira judicial ou extrajudicial pela Instituição.
Situações das mais variadas, como a do senhor que perdeu a esposa há sete dias e precisa de um documento de liberação para que consiga sacar no banco o dinheiro da aposentadoria da sua falecida mulher. Esse é um dos muitos casos que batem à porta da Defensoria Pública de Santa Catarina.
Por dia, 80 senhas são distribuídas apenas na Capital.
O aumento na demanda de atendimento dos serviços da Defensoria Pública de Santa Catarina é uma realidade constatada em números. Nos primeiros nove meses de 2019, foram contabilizados 481.377 mil atos. Para entender, atos referem-se às audiências, atendimentos, petições, recursos, apelações, habeas corpus, etc, que é computado pelo Relatório de Estatística e Produtividade da Corregedoria-Geral da Defensoria Pública de Santa Catarina.  Os números finais de 2019 ainda estão sendo processados e devem ser informados até o final desse mês de janeiro.  Em 2018, a Defensoria Pública de Santa Catarina fechou o ano com um total de 364 mil atos.
Um fato é certo:  Dessa demanda, mais de 65% dos casos registrados são das áreas da família e cível.
Hoje a Defensoria Pública de Santa Catarina está implantada em 24 comarcas do Estado e conta com 117 defensoras e defensores públicos nomeados.

Posts relacionados

PMDB faz convenções e mobiliza 20 mil pessoas

Autor

Colombo: eleições gerais e constituinte exclusiva

Autor

Rodrigues pode retomar mandato

Autor