Blog do Prisco
Destaques

Após temporal, São José monta força-tarefa para recuperar ruas e pontes na Colônia Santana

Prefeitura mobilizou equipes da Secretaria de Infraestrutura para iniciar a desobstrução de ruas e pontes

 

O temporal registrado no domingo (28) provocou a mobilização das equipes da prefeitura de São José, por meio da Secretaria de Infraestrutura, nesta segunda-feira (29), para a retirada de árvores e galhos em diversas ruas do Bairro Colônia Santana, além de recuperação de cabeceiras de pontes. O prefeito Orvino Coelho de Ávila, o secretário de Infraestrutura, Nardi Arruda, e o vereador Jair Costa estiveram vistoriando os locais mais afetados pelas chuvas.

“Devido ao temporal de domingo, tivemos vários danos no bairro. Árvores e cabeceiras de pontes destruídas. Imediatamente, criamos uma força-tarefa para desobstruir as vias, para evitar mais acidentes e proteger a população. Deslocamos nosso pessoal e o trabalho continua durante a semana. Estamos fazendo um verdadeiro mutirão para limpeza dos estragos. Contamos com a paciência da população e agradeço a cada um dos envolvidos”, declarou o prefeito Orvino.

Com máquinas e equipamentos, os servidores estão cortando e retirando galhos, árvores e melhorando o trânsito das localidades atingidas. O secretário Nardi Arruda explica que foi intensificado os trabalhos no bairro. “Ninguém esperava o que ocorreu, ninguém quer que aconteça o que ocorreu no domingo aqui na Colônia de Santana, mas prontamente as equipes da Infraestrutura, por determinação do prefeito Orvino, foram mobilizadas pra restabelecer a ordem aqui na comunidade. Nosso maquinário já está chegando para estabelecer o direito de ir e vir das pessoas, com segurança”.

O vereador Jair Costa destacou a agilidade da Prefeitura em atender a população do bairro e de colocar as equipes da Secretaria de Infraestrutura para recuperar as ruas e pontes da localidade. “Estamos vistoriando os locais e apontando as necessidades de obras. É importante este acompanhamento”, relatou. Vai ser refeito a cabeceira da ponte na rua da Figueira, uma transversal da Rua Adelino Joaquim dos Santos, além de uma ampliação em uma das curvas do leito do rio Pagará.

Também foi decidido que uma equipe da Secretaria de Infraestrutura vai retirar árvores e alterar um trecho na curva do Matias no rio Pagará, uma antiga reivindicação da comunidade, devido o local ser perigoso para o fluxo de veículos. Na ponte localizada na divisa com Palhoça, São Pedro de Alcântara e Santo Amaro da Imperatriz, a Secretaria de Infraestrutura também vai reforçar a cabeceira da ponte.

Nardi definiu que uma das pontes que caiu será substituída por meio de um acesso provisório para garantir o fluxo das pessoas e veículos, até que se construa uma nova ponte no Rio Imarui e equipes de limpeza também estão trabalhando na ponte próximo a Usina hidrelétrica do Maruim e em outras pequenas pontes da localidade.