Blog do Prisco
Manchete

As mensagens do presidente da Alesc no Oeste

Foi extensa e prestigiada a agenda do presidente da Assembleia Legislativa, Júlio Garcia, no Oeste de Santa Catarina. Na sexta e sábado, ele recebeu homenagem (durante evento das Apaes), praticou significativo gesto político, visitando a Câmara de Vereadores e participando de sessão ordinária do legislativo municipal; e  fez inúmeros contatos, além de atender a imprensa.

A cada passo ou entrevista, uma sinalização. Ou um recado. O comandante da Alesc foi enfático, por exemplo, ao afirmar que as decisões colegiadas dos legislativos são muito melhores do que as canetadas monocráticas do Executivo “porque são modificadas, melhoradas e sempre com a audiência da população.”

Nesta segunda-feira, Moisés da Silva vai até o Palácio Barriga-Verde, sede do Parlamento estadual. Entregará pessoalmente o pacote de sua reforma administrativa a Júlio Garcia. A mensagem do chefe do Legislativo foi clara. Certamente haverá mudanças propostas pela Alesc ao projeto que é a menina dos olhos do governador. Será necessário muito diálogo, capacidade de ceder e de buscar o consenso.

Liderança

De volta ao mundo político-eletivo no pleito do ano passado e ungido presidente da Alesc pela terceira vez, Júlio Garcia transformou-se no grande líder do PSD catarinense. Parte da força do partido vinha justamente do Oeste, mas agora Gelson Merisio está de saída da legenda e João Rodrigues encolheu depois da prisão e do resultado das eleições. (Os dois têm base na região de Chapecó) e o serrano Raimundo Colombo ficou apenas em quarto lugar na disputa ao Senado.

Ocupando espaços

Na condição de grande líder do PSD catarinense, Garcia vai ocupando espaços. Na agenda oestina e no vácuo deixado por Merisio e Rodrigues, ele deu declarações e fez contatos com vistas ao pleito municipal de 2020, que é logo ali. O ex-prefeito de Chapecó, José Caramori, acompanhou parte dos compromissos de Júlio Garcia. Sinaliza permanência no PSD e ensaia uma volta ao cenário no ano que vem.

Musculatura

Para além das costuras visando o pleito de 2020, Júlio Garcia também atuou como presidente de poder estadual. Enalteceu a atuação da bancada do Oeste na Assembleia e assegurou que, como dirigente do Legislativo, dará todo o apoio às demandas regionais, notadamente no setor de infraestrutura.

Contraponto

A Empresa Say Müller Serviços, responsável pela coleta de lixo em Ituporanga, manifestou-se acerca da CPI instalada na Câmara municipal para investigar a execução do contrato entre a companhia e a prefeitura. “Tendo tomado conhecimento da CPI através da imprensa local, por iniciativa própria, acompanhou os trabalhos realizados na Câmara de Vereadores de Ituporanga na sexta feira, 08 de março, com o objetivo de contribuir para a apuração dos fatos, apesar da empresa não ter sido notificada da instalação da CPI, que a cita.”

Contraponto 2

Segue trecho da nota da empresa. “Na sexta feira foram obtidas as cópias do teor da denúncia, e foi constatado que não há nada concreto no requerimento de instauração da CPI, nenhum documento probatório e que as denúncias do ex-Secretário de Infraestrutura da Prefeitura de Ituporanga são completamente infundadas.”

 

Posts relacionados

Desembargador acata tese da defesa e libera bens de Fabrício

Redação

Uma nova era no ensino superior do Brasil!

Redação

Diretora do Detran descumpre promessa feita em audiência pública

Redação