Blog do Prisco
Manchete

Aurora Coop recebe selo Empresa Cidadã

Há mais de três décadas, a Aurora Coop inclui jovens no mercado de trabalho com o objetivo de desenvolver competências práticas e teóricas preparando-os para o futuro profissional, por meio do Programa Jovem Aprendiz.

Nesse ano, a cooperativa também contratou jovens participantes do Programa Novos Caminhos (PNC), iniciativa que tem a finalidade de desenvolver potencialidades e contribuir para a construção da autonomia de adolescentes que se encontram ou passaram por medida protetiva de acolhimento, a fim de proporcionar a perspectiva de uma vida adulta com qualidade e dignidade. O programa é promovido pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina, a Associação Catarinense dos Magistrados e a Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), juntamente com diversas organizações públicas e privadas.

A oportunidade oferecida pela Aurora Coop aos adolescentes atendidos pelo PNC foi reconhecida por meio de homenagem à cooperativa com o selo Empresa Cidadã 2022.

Até hoje, a Aurora Coop já desenvolveu em torno de 5 mil aprendizes, nas áreas administrativas e de manutenção. Os aprendizes têm a oportunidade de se desenvolverem profissionalmente e conseguir uma primeira experiência, além de realizar um curso complementar e ter aprendizados práticos em relação às rotinas de trabalho.

Por outro lado, a Aurora Coop ajuda a disseminar sua cultura organizacional preparando novos talentos, além de auxiliar na educação, qualificação e inclusão social dessas pessoas.

Para se tornar um jovem aprendiz na Aurora Coop é necessário ter entre 14 a 24 anos, exceto em casos de pessoas com deficiência, em que não há limite de idade. Para manter-se como jovem aprendiz é necessário manter a frequência nas atividades teóricas e práticas oferecidas pelo programa e pela cooperativa, bem como manter um desempenho escolar e profissional adequados.

foto>Entrega do Selo Empresa Cidadã 2022 à Nicole Schneiders, Supervisora Administrativa da Aurora Coop /  Divulgação Aurora Coop

Posts relacionados

Sessão tem defesa de distrato na SC-370 e de devolução da União sem carimbo

Redação

Município recebe o Selo Caixa Gestão Sustentável

Redação

Apresentado projeto para revogar título honorífico de Ideli em Joinville

Redação