Blog do Prisco
Destaques

Bancada do PT quer manter público o regime da previdência estadual

A Bancada do PT da Assembleia Legislativa (Alesc) apresentou hoje (28), na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), emenda à Proposta de Emenda à Constituição (PEC 13.3/19), para a retirada da palavra “fundação pública” do art. 158. O objetivo é assegurar que o Regime Próprio de Previdência dos Servidores (RPPS) de Santa Catarina seja organizado, exclusivamente, sob a forma de autarquia.

O líder da Bancada, deputado Fabiano da Luz, afirmou que a proposta de reforma da previdência apresentada pelo Executivo mexe em direitos duramente conquistados pelo servidor público ao longo de suas carreiras. “A emenda substitutiva global apresentada pelo relator, Maurício Eskudlark (PR), está longe de ser a ideal. Por isso apresentamos contribuições para que o servidor público catarinense seja prejudicado o menos possível.”

Posts relacionados

Alerta para alagamentos e deslizamentos

Autor

Sessão Solene para comemorar os 250 anos de Lages

Autor

Governo do Estado autoriza continuidade das obras da SC-407, em Antônio Carlos

Redação