Blog do Prisco
Destaques

Baralho acertado na Assembleia

Tudo certo para a nova composição da Assembleia Legislativa. Para fechar os 40 votos favoráveis a Silvio Dreveck (PP-D) e Aldo Schneider (PMDB) – foto de capa -, a última aresta foi aparada nesta terça-feira. O deputado Marcos Vieira vai ser mantido na presidência da Comissão de Finanças e outro tucano, Mário Marcondes, também fica na Mesa Diretora (hoje é quarto secretário). Vieira acabou aceitando a composição para não ficar falando sozinho inclusive dentro da própria bancada estadual do PSDB, partido que ele preside no Estado. 

Outro componente neste baralho: Leonel Pavan será exonerado da Secretaria de Estado do Turismo, Esporte e Cultura exclusivamente para retornar à Alesc e votar. Movimento necessário para que o PSDB tenha os cinco deputados e mantenha vaga na Mesa. Se o suplente Nilson Gonçalves tivesse direito a voto, sendo do PR, o espaço entraria no rateio dos pequenos partidos. O também tucano Vicente Caropreso segue à frente da Saúde, uma pasta mais complexa e delicada. 

Sintonia e firmeza

Importante destacar em todo este processo a fina sintonia entre Silvio Dreveck e Aldo Schneider. Duas figuras distintas, reservadas, mas muito atuantes e firmes nos acordos políticos. 

Posts relacionados

Avanços registrados pelo Fórum Parlamentar em quatro meses

Autor

Zé Milton e a defesa do arroz

Redação

Executiva do PSDB fecha com Paulo Bauer

Autor