Blog do Prisco
Destaques

Casan antecipa indenização para moradores do Monte Cristo neste sábado

Foto: Divulgação / Casan

O governador Jorginho Mello anunciou que o adiantamento do pagamento de parte da indenização será neste sábado, 9, para os moradores da comunidade do Monte Cristo, atingidos pelo rompimento do reservatório de água, ocorrido na madrugada da última quarta-feira, 6. Uma coletiva de imprensa será realizada neste sábado, para detalhamento da operação.

O presidente Edson Moritz orientou sobre como vai ser realizado o processo de pagamento. Ele informa que no sábado a Casan vai transportar moradores afetados e cadastrados para o Centro Integrado de Operação, localizado no Bairro Estreito, para conferir os laudos iniciais de perdas e avaliar valores para uma primeira liberação de recursos.

O transporte vai funcionar a partir de 9h na tenda montada pela Casan na Comunidade, em frente à Igreja do Sapé. Em conjunto com equipes técnicas, o morador vai conferir a documentação de perdas inicialmente levantada e os valores avaliados com base no mercado para a antecipação, que será de um percentual sobre os danos. “É preciso ficar claro que será somente uma antecipação. A avaliação da indenização total vai continuar”, esclareceu o presidente, acompanhado dos diretores Pedro Joel Horstmann, Natan Monteiro e Giovani Pickler.

A agilidade da Casan na liberação desses recursos iniciais leva em conta o perfil socioeconômico da comunidade, integrada em sua maior parte por famílias de baixa renda. Terão direito à antecipação moradores que fizeram seu cadastro após o acidente e tiveram sua casa vistoriada. Aproximadamente 150 casas foram vistoriadas, fotografadas e já contam com documentação para as avaliação de danos.

Os valores de antecipação representam um percentual das perdas, sendo estabelecido com base no levantamento de campo e pesquisas de mercado. Todos os casos estão sendo avaliados individualmente. O pagamento será realizado por meio de depósito bancário ou pix. Ainda há a possibilidade de cheque em casos de moradores que não contem com conta corrente em banco.

“Isso não quer dizer que a indenização será fechada. Ela prossegue e outros itens que forem observados e levantados poderão ser acrescentados. É uma antecipação para o morador retornar para sua casa com segurança e voltar a trabalhar”, complementou e reforçou o Diretor de Operação e Expansão da Casan, Pedro Joel Horstmann. A Diretoria da Casan também garantiu para a comunidade que o reservatório danificado será demolido, já que havia entre os moradores a informação de que seu segundo compartimento estaria recebendo água novamente.

Companhia esclarece dúvidas das vítimas

  • Quem poderá receber a antecipação
    Pessoas que foram cadastradas pela CASAN e tiveram casas já vistoriadas
  • Como será o pagamento?
    Via pix, transferência bancária ou cheque, no caso de  não possuir conta bancária
  • Qual o valor previsto?
    Será um percentual sobre as perdas inicialmente avaliadas. Os valores foram avaliados pelas equipes técnicas com base nos dados fornecidos por moradores, levantamentos de campo e estudos de mercado
  • O morador é obrigado a assinar o documento de antecipação?
    Não, é possível pedir uma reavaliação à Companhia.
  • Na indenização dos carros e motos danificadas, quanto a CASAN vai pagar da tabela FIPE?
    100%, caso a pessoa se sinta lesada, pode verificar com a CASAN uma reavaliação.
  • Como está sendo feita avaliação dos carros?
    Com laudos de oficina para avaliação se a perda é total ou parcial