Blog do Prisco
Coluna do dia

Catarinense Jorge Mussi assume corregedoria do TSE

O catarinense Jorge Mussi assumiu, ontem à noite, durante solenidade  em Brasília, como o novo corregedor-geral do Tribunal Superior Eleitoral. Ele é ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), representando esta corte superior no TSE.

Mussi foi desembargador em Santa Catarina, chegando a presidir o Tribunal de Justiça. Ali, teve passagem marcante. Ele assume junto com a ministra Rosa Weber, do STF, que presidirá o TSE. Outro integrante do Supremo, o ministro Luiz Roberto Barroso, será o vice-presidente do Tribunal Superior Eleitoral.

Caberá a esta trinca, Rosa, Barroso e Mussi, a condução de todo o processo eleitoral de 2018 no país. Duas das principais missões do trio será o enfrentamento aos famigerados Caixa 2 e às notícias falsas, as fake News. Rosa Weber, registre-se, é conhecida pela conduta firme, severa. Neste contexto, é bem provável que sob a condução dela, a situação do pedido de registro de candidatura de Lula da Silva, a ser protocolado nesta quarta-feira, 15, seja decidido celeremente para que o processo eleitoral transcorra dentro da mais absoluta legalidade e tranquilidade.

 

Holofotes

A ascensão de Mussi traz grande projeção para a magistratura catarinense. O ministro convidou amigos e colegas para uma confraternização logos depois da solenidade, na seda do Conselho Federal da OAB, na Capital Federal.

 

Recondução

A presidência e a nova diretoria da Fecomércio SC para o exercício 2018- 2022 foi empossada na segunda-feira, em solenidade interna, durante a 1ª reunião extraordinária do Conselho de Representantes da Fecomércio SC, no Sesc Cacupé, em Florianópolis. O empresário Bruno Breithaupt foi reeleito em votação unânime no mês de maio e permanece à frente da entidade pelo terceiro mandato consecutivo

 

FRASE

“Com a prevalência do negociado sobre o legislado, o sindicato patronal conquistou protagonismo na legítima defesa da categoria. Inicio esta nova gestão certo de que ainda temos muito a construir com os empresários, poder público e sociedade civil.” Bruno Breithaupt, presidente da Fecomércio-SC

 

Girl Power

A campanha de Mauro Mariani e Napoleão Bernardes terá o apoio de uma caravana de mulheres engajadas ao projeto. Lideradas pela primeira – dama, Nicole Torret Moreira, e a esposa do candidato ao governo pelo MDB, Cynthia Mariani, além da viúva de Luiz Henrique da Silveira, Ivete Appel da Silveira, que terá participação fundamental no processo, elas ouvirão e conhecerão a realidade de cada canto de Santa Catarina, o que será fundamental para um governo próximo aos catarinenses.

 

Canelada

A coligação liderada por MDB e PSDB está difundindo o material abaixo, via internet e redes sociais. Basicamente, a turma do Manda Brasa e os tucanos estão dizendo que conseguiram 10 vezes mais recursos para a Saúde de Santa Catarina do que a chapa liderada por PSD e PP.

 

Números

“Dez vezes mais Saúde – Considerando que a Saúde é uma das prioridades do eleitor, alguns números chamam a atenção. Juntos os senadores e deputados federais ligados à coligação “SC Quer Mais” foram responsáveis por mais de R$ 87 milhões em emendas para os hospitais filantrópicos de Santa Catarina. O valor é quase dez vezes maior que o dos parlamentares do PP, PSD e DEM, que juntos somam R$ 8.942.00. O deputado federal João Paulo Kleinübing, ex-secretário da Saúde no Estado não apresenta nenhuma emenda para o setor. Da mesma forma, Esperidião Amin aparece sem nenhuma contribuição,” diz o material de MDB e PSDB.

Posts relacionados

Projeto encorpa

Autor

Mais um passo

Autor

Governo quase fechado

Shirlei Demetrio