Destaques Notícias

Cofem articula defesa do Sistema S

Assunto foi tema de reunião entre FAESC, FACISC, FAMPESC, FCDL, FECOMÉRCIO, FIESC e FETRANCESC

O Conselho das Federações Empresariais de Santa Catarina (COFEM) articula campanha em defesa no Sistema S, integrado por SENAI, SESI, SENAC, SESC, SENAR, SENAT e SEST. O COFEM enviou ofício à bancada catarinense em Brasília alertando sobre as medidas anunciadas pelo governo federal, que pretende apropriar-se de verbas do Sistema S para cobrir parte do déficit fiscal.

O ofício, assinado por representantes da FIESC, FAESC, FETRANCESC, FECOMÉRCIO, FACISC, FCDL E FAMPESC, afirma que, se aprovada, a medida, de cunho intervencionista, terá o efeito de interromper os programas executados pelas entidades do Sistema S de todo o País. “Notadamente em educação, qualificação profissional e qualidade de vida do trabalhador, resultando em prejuízos incalculáveis à competitividade, à inovação e à produção industrial brasileiras, já duramente afetadas nos últimos anos pelo elevado custo de produção nacional”, diz o texto da carta.

No documento, as entidades observam que a diminuição dos recursos repassados causará o fechamento de inúmeras unidades em operação em Santa Catarina, dentre elas, escolas de ensino básico e profissionalizante, além da redução de mais de milhares de atendimentos em serviços de saúde e segurança no trabalho, impactando mais de 1,5 milhão de trabalhadores diretamente beneficiados com esses serviços. Além disso, as instituições estimam a demissão de 5 mil colaboradores.

“A utilização de recursos das contribuições do Sistema S para finalidades diversas do financiamento das atividades voltadas ao bem-estar do trabalhador e à educação é ilegal e inconstitucional, representando inaceitável retrocesso social. Registramos que não se trata de recursos públicos, e sim privados, recolhidos pelas empresas para utilização em benefício do setor, dos seus trabalhadores e de suas famílias”, contestam as entidades por meio do ofício.

O COFEM é integrado pela FAESC (Federação da Agricultura do Estado de Santa Catarina); FACISC (Federação das Associações Comerciais e Industriais de Santa Catarina); FAMPESC (Federação das Associações de Micro e Pequenas Empresas do Estado de Santa Catarina); FCDL/SC (Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina); FECOMÉRCIO (Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina); FIESC (Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina) e FETRANCESC (Federação das Empresas de Transportes de Cargas do Estado de Santa Catarina).

Foto: Filipe Scotti, divulgação