Blog do Prisco
Coluna do dia

Coluna do dia

A verdadeira homenagem a LHS

Do polêmico, mas sempre sincero senador Roberto Requião (PMDB-PR), sobre as homenagens ao senador Luiz Henrique da Silveira: “É tudo conversa fiada. Se quisessem realmente homenageá-lo, teriam votado nele para a presidência da Casa”. O paranaense, com seu estilo folclórico, era amigo de Luiz Henrique e votou no catarinense, que disputou a presidência do Senado, no começo do ano, contra o alagoano Renan Calheiros.

A lealdade de Requião vale uma reflexão. Luiz Henrique da Silveira morreu convencido de que o conterrâneo e correligionário Dário Berger votou em Calheiros. LHS pediu apoio até a Paulo Bauer, para que o tucano “acompanhasse” o voto de Dário, mas o ex-prefeito disfarçou e não se sabe em quem votou. Nunca é demais lembrar que o ex-governador foi decisivo para a eleição de Berger à Câmara Alta.

Nos bastidores, avalia-se que ele votou em Renan por orientação do Planalto e já usando como moeda de troca a investidura de seu irmão, Djalma Berger, na Eletrosul. Como o presidente do Senado e o Planalto entraram em rota de colisão, Dário Berger socorreu-se em Michel Temer para emplacar o irmão. Votando, claro, com o governo nas medidas do arrocho fiscal.

 

 

A fusão e o PMDB

Deputado Gelson Merísio, presidente da Alesc, pode estar cansando de esperar pela manifestação do relator, Valdir Cobalchini (PMDB), sobre o projeto do governo que funde as duas agências reguladoras do Estado. A postura do presidente em exercício do PMDB, que literalmente sentou em cima da matéria, está incomodando o Centro Administrativo. Merísio pode invocar prerrogativa regimental e levar o projeto à votação na semana que vem.

 

 

Ministro em SC

Titular da Previdência, Carlos Eduardo Gabas, confirmou presença no 43º Congresso da Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina e V Encontro Nacional de Jornais do Interior do Brasil, em Florianópolis. O evento começa nesta sexta-feira, 19, e vai até domingo, 21, no Costão do Santinho Resort, Norte da Ilha de Santa Catarina. Gabas vai falar sobre o tema “Como o Brasil vê o seu Interior” para uma plateia de mais de 700 participantes.

 

 

MP entra no circuito

O Ministério Público de Santa Catarina enviou ofício à Assembleia, pedindo cópias das notas dos deputados estaduais em viagens internacionais. O caso estava restrito ao TCE que, em auditoria, apurou que o Parlamento gastou R$ 31 milhões entre 2009 e 2011 nessa rubrica. A Assembleia gaúcha, que tem 15 deputados a mais, gastou R$ 8 milhões no período.

 

 

Previdência

Ex-deputado Renato Hinnig (PMDB) tomou posse ontem na presidência do Instituto de Previdência de Santa Catarina (Iprev). Ele foi empossado pelo secretário João Matos, que como Hinning, é intimamente ligado ao ex-governador Paulo Afonso Vieira. O Iprev é um dos órgãos vinculados à Secretária de Administração.

 

 

Namoro

Gelson e Merísio e Angela Amin almoçaram, esta semana, na Capital. É o caminho natural das composições em 2016 e 2018. O PMDB deve atrair o PSDB em Florianópolis, enquanto o PP deve fechar com o PSD. Em 2018, o PMDB está cotado para sair da tríplice aliança. Seria substituído pelo PSDB, compondo, ainda, com o PP.

 

 

Ponte eterna

Um representante da American Bridge, empresa Norte Americana que construiu a Ponte Hercílio Luz, na Capital, voltou a Santa Catarina para discutir detalhes para obras na estrutura. O gerente de operações da empresa americana, Kenneth Farrelly, foi recebido pelo governador Raimundo Colombo na manhã de ontem na cabeceira da ponte, em Florianópolis.