Blog do Prisco
Coluna do dia

Contra o tempo

Normalmente lento, o poder público reagiu com espantosa rapidez ante a desastrosa estratégia de comunicação da Polícia Federal no caso da carne brasileira e as suspeitas pontuais que foram levantadas. Mobilizar 27 embaixadores, em pleno domingo e em Brasília, como fez Michel Temer, é digno de registro. Receber o seleto grupo em uma churrascaria, então….

No mesmo embalo, Raimundo Colombo reuniu seus principais assessores também no domingo e começou a levantar informações e avaliar detalhadamente o cenário. A mobilização seguiu segunda-feira adentro, com incontáveis telefonemas, do próprio governador, a embaixadores e autoridades. Este ciclo inicial de reação, célere, estava previsto para ser fechado ontem no começo da noite, quando Colombo tinha agenda marcada com o presidente da República.

As autoridades correm contra o tempo para minimizar os danos ante o desastre iminente, conforme assinalou o competente ministro Blairo Maggi. Dentre os vários aspectos preocupantes, um está se sobressaindo com o correr dos dias: outras nações produtoras de proteína animal, como a Argentina, podem aproveitar e conquistar os mercados onde o Brasil predomina.

 

Em trânsito

Na manhã desta quarta-feira, Colombo tentará agenda com o ministro da Agricultura, Blairo Maggi. Em Brasília, o governador deixará claro que está à disposição para integrar comitivas brasileiras que eventualmente viagem ao exterior prestar esclarecimentos. A carne representa 5% das exportações do Estado, mas 15% do PIB catarinense, enquanto o agronegócio responde por quase 30% do Produto Interno Bruto. Significa que Santa Catarina pode ser o Estado mais prejudicado se o quadro negativo não for revertido logo.

 

Perfis

Enquanto João Rodrigues reuniu 2 mil pessoas, mais ministro, governador, senador, deputados, prefeitos e etc. para anunciar que está pleiteando vaga na majoritária em 2018, seu concorrente dentro do PSD mantém o estilo discreto. Gelson Merísio segue percorrendo o Estado, reunindo lideranças e incentivando a campanha de filiações. Faz trabalho de formiguinha, um dos itens indispensáveis em qualquer manual eleitoral!

 

Quarteto

Apenas quatro deputados foram convidados a participar da reunião pilotada por Raimundo Colombo, no palácio residencial, com os segmentos empresariais que representam o agronegócio catarinense, segunda-feira à noite. Silvio Dreveck, presidente da Assembleia, Darci de Matos, líder do governo, Natalino Lázare, presidente da Comissão de Agricultura da Alesc e Mauro de Nadal, vice-presidente da mesma comissão, além de Merísio.

 

Abertura

Agora é oficial. O suplente de deputado federal, Edinho Bez (PMDB), é o novo Secretário de Assuntos Legislativos do Ministério da Justiça. O peemedebista vinha atuando como titular na Câmara Federal, mas o retorno de Cesar Souza (PSD) a Casa, devolveu Edinho à suplência. O pai Cesar pediu exoneração da Secretaria de Assuntos Estratégicos do governo estadual, abrindo caminho para o filho, ex-prefeito Cesar Junior, ocupar o cargo. Edinho tem excelente relação com Michel Temer.

 

Meio Ambiente

Murilo Flores (PSB) e Fábio Botelho (PV), titular e adjunto, respectivamente, da Secretaria de Estado do Planejamento, têm agenda em Brasília nesta quinta-feira. Vão ao Ministério do Meio Ambiente, em uma agenda que será bastante concorrido com a presença do ministro Zequinha Sarney. A pauta é extensa, mas os destaques são a viabilidade de projetos para despoluição de rios, bacias e mananciais, além da questão da água potável para os municípios de Santa Catarina.

 

Tabelinha

Evidentemente que as eleições de 2018 estarão na pauta. Neste diapasão, Flores e Botelho estão pra lá de sintonizados. Mas com vistas ao pleito municipal de 2020. O primeiro foi candidato a prefeito, e o segundo, a vice nas eleições do ano passado. O presidente estadual do PV, Guaraci Fagundes, também participará da agenda na Capital Federal.

 

Reforço

Mauro Mariani, presidente estadual do PMDB, reforçou a campanha do candidato a prefeito de Sangão (eleição suplementar), Herivelto de Castro. Luiz Fernando Vampiro, secretário de Infraestrutura, e o deputado Manoel Mota, que têm base no Sul, estão empenhados na eleição do correligionário.

Posts relacionados

Semestre novo, pauta antiga

Shirlei Demetrio

Feliz Natal eleitoral

leander

No governo, MDB busca aliados – 28=29.04.2018

Autor