Blog do Prisco
Destaques

Crise origina movimento Delivery Com Amor na Capital

Movimento criado em Florianópolis a partir do apelo de uma funcionária pedindo pra não ser demitida de uma lanchonete, quer fomentar a prática do consumo em negócios locais através do Delivery com Amor, uma solução comercial que barateia as entregas em domicilio na Grande Florianópolis no período de quarentena exigida pelo Ministério da Saúde. Mais de 70 empresários de diversos setores trabalham voluntariamente no projeto para minimizar impactos econômicos negativos através da plataforma que entra no ar segunda-feira, 23 de março, com mais 100 estabelecimentos já cadastrados. 

Novos cadastros de comerciantes podems er feitos no https://bit.ly/2UgBVYY

 

Grupo de empresários catarinense dos setores de varejo alimentício, logística, TI e marketing, com apoio de uma equipe multidisciplinar voluntária, acaba de lançar o movmento Delivery com amor (https://materiais.amo.delivery/projeto-delivery-com-amor ). Trata-se de uma plataforma que visa promover a venda online de mantimentos conectando desde pequenos empresários do setor alimentício que ainda não estão no cenário digital, até os comerciantes que querem diminuir as despesas com as taxas de serviços de delivery já existentes. “Os varejistas estão sofrendo um forte impacto em virtude dos desdobramentos sociais exigidos pelo COVID-19, assim buscamos salvar o emprego de milhares de pessoas em Florianópolis, e depois expandir isso para outros locais”, explica Diogo Machado CEO da Original.Market, sobre a essência do movimento.

“Eu não vou demitir ninguém, embora se a minha empresa só olhasse pra números, fosse preciso, porque eu não tenho muito capital de giro pra manter salário sem ter uma receita entrando, é matemática”, retrata Eliseu Jorge Cardoso, franqueado de seis lojas da Massa Viva em Florianópolis que, ao receber uma mensagem de whats app de uma funcionária pedindo que ele não a demitisse, resolveu mobilizar os na busca de uma solução. Como a única maneira de comercializar seus produtos e manter seu quadro de funcionários era através de delivery, assim como acontece com todos os comerciantes do varejo alimentício neste momento, veio à tona a questão deste serviço ter altas taxas, de até 27%, além de cobrança na entrega. “Foi então que surgiu este movimento, pra baratear este processo de delivery que é essencial agora, e eu fiquei impressionado com tantas pessoas ajudando, a gente escuta falar tanto que o mundo anda egoísta, que cada um olha por si, mas muita gente se dispôs a ajudar e eu acredito que esta plataforma de vendas vai salvar muitas empresas e empregos”, completa Eliseu.

Sem que o mercado tivesse qualquer previsão para isso, ou sequer estivesse preparado, acredita-se que a pandemia, ao parar o Brasil, possa resultar em 40 milhões de desempregados no decorrer dos próximos dias segundo estimativa do presidente da XP Investimentos, Guilherme Benchimol. Por isso, seguindo a corrente em torno da proposta do Delivery com Amor de manter empregos fomentando a comercialização de entregas, a AMO Ofertas, empresa especializada em venda online com sede em Chapecó, Oeste de Santa Catarina, se envolveu no projeto oferecendo sua plataforma. A iniciativa irá contribuir para que as vendas do comércio alimentício sejam impulsionadas pela baixa taxa do serviço de entrega, que atualmente pode chegar a 27% nos aplicativos mais tradicionais, e inclusive, alcançar novos clientes que não querem deixar de consumir o seu prato preferido mesmo estando em isolamento social. De acordo com o sócio do Amo Ofertas, Márcio Muxfeldt, “O momento é de nos unir e viabilizar para que os restaurantes possam voltar às suas operações. Se cada um puder contribuir com a sua parte, passaremos por esse momento juntos, iremos minimizar o impacto que a pandemia está causando na vida da sociedade e chegaremos ao final ainda mais fortes e prontos para novos desafios”.

Quase 100 estabelecimentos comerciais do ramo já se cadastraram para participar desta iniciativa oferecendo seus produtos para entrega, e a tendência é um aumento exponencial deste número visto que o cadastro de novos participantes estará disponível na própria plataforma do Delivery com amor no endereço https://bit.ly/2UgBVYY . Ao todo, mais de mil estabelecimentos estão no radar do movimento que, a princípio, vai oferecer o serviço na Grande Florianópolis e, conforme os resultados e a adesão de mais voluntários e patrocinadores, poderá ser expandido para outras regiões do estado, e até mesmo do país.

Kalyta Camargo & Giuliana Korzenowski de Farias

Organika – Experiências em Comunicação 

Telefone: 48 99172.7996

 

Posts relacionados

Presidente e diretores da ACIJ são reconduzidos em novo mandato

Redação

Gilberto Badalotti é eleito vice-presidente de serviços da FCDL/SC

Autor

STF autoriza prisão após condenação em 2ª instância

Autor