Blog do Prisco
Manchete

Diretoria da Fecam pede afastamento do presidente, acusado de corrupção

Os cinco integrantes do Conselho que formam a diretoria da Fecam entregou ofício ao presidente da entidade, Orildo SEevegnini, prefeito de Major Vieira, para que ele se afaste do cargo. Na última sexta-feira, agentes do Gaeco visitaram a residência dele e do filho dele. Foram encontrados mais de R$ 300 mil em espécie. O alcaide está sendo acusado em vários processos de fraude, peculato, dispensas indevidas de licitação, além de corrupção ativa e passiva.

Quem deve assumir o comando da entidade municipalista é o prefeito de Rodeio, Paulo Roberto Weiss, o Paulinho.

Posts relacionados

Presidente em exercício da Alesc participa da posse da nova diretoria da Acate

Redação

CyberGAECO e PCSC deflagram operação conjunta para desarticular três organizações criminosas

Redação

Kleinübing assume diretoria financeira do BRDE

Redação