Blog do Prisco
Coluna do dia

Discursos conflitantes

Discursos conflitantes

Raimundo Colombo (PSD) e Eduardo Moreira (PMDB), governador e vice, publicaram artigos na Capital sexta-feira passada. Os dois abordaram o tema crise econômica e a situação de Santa Catarina. Tudo bem, tudo certo. Mas alguém precisa avisar os dois que eles são os comandantes de uma mesma administração.

Enquanto o governador salientou em seu texto que, “desde o nosso primeiro mandato, o controle das contas públicas sempre foi uma obsessão;”  o vice parece estar falando de outra gestão. Assinalou o peemedebista: “A gestão pública deve assumir uma postura condizente com a realidade e se adaptar aos desafios com coerência.” Como se vê, enquanto o primeiro assegura que os ajustes já vêm sendo feitos, o segundo prega a necessidade de promoção de mudanças na gestão da máquina pública.

Prosseguiu Raimundo Colombo. “Estamos constantemente trabalhando para melhorar nossa gestão, qualificando os gastos públicos. Estamos revisando todos os nossos contratos e cancelando muitos deles.” Pinho Moreira, a seu turno, ensina que “o custo da máquina pública chegou ao limite e é necessário diminuí-lo. Sem isso, não haverá sucesso.”

 

No palanque

Ao fim e ao cabo, se deduz que Moreira está em campanha e Colombo se esforça para minimizar a grave crise econômica que já afeta duramente Santa Catarina.

 

Homem forte

Secretário da Casa Civil de Florianópolis e integrante do diretório municipal do PSD, Júlio Cesar Marcellino Junior está cumprindo dois papeis estratégicos na administração da Capital: é o responsável pela coordenação do governo e também vem respondendo pela articulação junto à Câmara de Vereadores.

 

Todo ouvidos

Semanalmente, ele se reúne com a base aliada para ouvir as demandas e passar os informes do governo. Até porque, o prefeito não tem tempo para encaminhar todos os assuntos com os parlamentares. Marcellino é hoje o braço direito de Cesar Junior, que o consulta em todas as principais decisões na prefeitura de Florianópolis.

 

Fato novo

Próceres do PCdoB Barriga-Verde reuniram-se no sábado e definiram a nova composição da direção estadual. E apresentaram o fato novo na política ilhéu. A deputada Angela Albino, terceira colocada no pleito municipal de 2012, foi apresentada novamente como pré-candidata ao paço florianopolitano.

 

Estratégia

O anúncio da pré-candidatura de Angela enseja duas leituras imediatamente. Ou ela rompeu com Cesar Junior após ter deixado a Secretaria de Assistência Social, o que é pouco provável; ou está entrando no jogo visando a dificultar a vida do PMDB. Angela, primeira suplente de federal, está assumindo em Brasília em uma articulação que envolve Cesar Souza (o pai), grande cabo eleitoral do filho. É notório que Angela transita com desenvoltura entre o eleitorado que se identifica mais com o PMDB de Gean Loureiro do que com o PSD do atual prefeito.

 

Dúvida

Já na convenção municipal do PMDB de Florianópolis, o senador Dário Berger garantiu que apoia Gean Loureiro na disputa pela prefeitura em 2016. A conferir, pois sabe-se que Berger é umbilicalmente ligado ao vereador Thiago Silva (PDT), secretário de Cesar Junior e nome lembrado para uma composição no ano que vem.

 

Posts relacionados

Remédio amargo

Autor

Desembarque

Autor

Reflexos municipais

leander