Blog do Prisco
Destaques Notícias

Djalma Berger deve assumir a Eletrosul na semana que vem

Terininou há pouco (por volta das 19h15min desta terça, 9 de junho) reunião no gabinete do ministro das Minas e Energia, Eduardo Braga, onde compareceu um seleto grupo catarinense: o senador Dário Berger (PMDB), o irmão dele, ex-prefeito de São José, Djalma Berger (PMDB), os deputados federais Décio Lima (PT), Pedro Uczai (PT) e Mauro Mariani (PMDB); o presidente do PT estadual, Cláudio Vignatti e o ex-deputado estadual Jailson Lima da Silva (PT). Ficou definido que o trio dos sem-mandato, Djalma, Vignatti e Jailson será nomeado na diretoria da Eletrosul, maior estatal federal do Sul. Djalma, até pela força do irmão senador, será o novo presidente, muito embora os cargos não tenham sido definidos no encontro de hoje.

djalma eletrosul reuiãoJá os dois petistas serão aproveitados em cargos de direção. Vignatti possivelmente na Diretoria de Operações, que está vaga, e Jailson no espaço de um dos dois técnicos que hoje atuam no comando ou então do ex-governador Paulo Afonso Vieira (PMDB). Márcio Zimmermann, técnico renomado no setor elétrico brasileiro e que tomou posse há cerca de 40 dias na cadeira  mais macia da elétrica sulista, será guindado à presidência da Eletrobrás. A reunião do conselho para consolidar as mudanças e dar posse aos novos diretores tem tudo para ocorrer já na semana que vem. Importante frisar que o ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante, que receberia o grupo, delegou poderes a Braga para definir o quadro. A agenda de Mercadante estava apertadíssima em função dos eventos alusivos ao pacote de privatizações.

Foto: Ag. Alesc, arquivo, divulgação

Posts relacionados

Municipalistas catarinenses avaliam XX Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios

Autor

Fim da linha

Autor

Emendas tentam minimizar penúria na Saúde

Autor