Blog do Prisco
Destaques

Eleição para novo desembargador: show de horrores!

Apesar dos discursos de transparência e avanço que teriam permeado a eleição para a escolha da lista sêxtupla entre os advogados que sonham em tornar-se desembargadores pelo Quinto Constitucional, a realidade não confere com a eloquência verbal. O pleito foi um verdadeiro show de horrores. Além do envolvimento de vereadores e até deputados fazendo campanha por determinado advogado, numa verdadeira contaminação política (estamos falando da escolha de um futuro desembargador, um magistrado!), a situação, literalmente, saiu do controle.

Até mesmo profissionais de outras áreas – como corretores de imóveis, empresários, donos de lojas de automóveis se engajaram no pleito, mandando mensagens pelo WathsApp para grupos e pessoas absolutamente estranhas à advocacia. Lançou-se o nome e a credibilidade da OAB-SC na vala comum.

Não custa repetir: não se trata de uma eleição para mandatários políticos e sim para um cargo vitalício de carreira para a magistratura!

Como assim?

Outra preocupação que deu o tom nas conversas entre os causídicos no fim de semana e ontem, durante o dia do pleito (quase eleitoral): os advogados estão desconfiados do sistema por Token que identifica o eleitor.

Contrariedade

Dentro do Conselho da entidade também o sentimento é de insatisfação quase que generalizada. Os conselheiros avaliam que perderam prestígio e representatividade. Há, ainda, um grupo de indignados com conselheiros que se engajaram na campanha de candidatos.

Infelizmente, foi escrita uma verdadeira página torta na história da OAB-SC. Mais uma!