Blog do Prisco
Manchete

Eletrosul ficar em SC e incorpora gaúcha CGTE

Uma no cravo

Duas notícias nesta segunda-feira, 15, relativamente à Eletrosul. Uma, excelente. A companhia não será incorporada pela gaúcha CGTE, como queriam seus diretores e o ministro Onyx Lorenzoni, que é gaúcho da gema. A Eletrobrás confirmou que a elétrica segue sediada em Florianópolis. Maravilha. Trata-se da sexta maior empresa atuando no estado. Além dos empregos, move uma cadeia logística e produtiva.

Outra na ferradura

A outra notícia, ruim, preocupante, é que a dívida de R$ 4 bilhões da CGTE será absorvida pela Eletrosul, assim como a própria empresa gaúcha. A operação acabou indo na direção contrária, e correta, com a companhia maior incorporando a menor. Ao fim e ao cabo, a competência da elétrica catarinense vai pagar a conta da incompetência da CGTE. Importante registrar que essa reviravolta só foi possível pela intensa e competente mobilização das autoridades, notadamente dos deputados federais e estaduais de SC.

Posts relacionados

Bolsonaro cede ao toma-lá-dá-cá

Redação

Estiagem impacta na produção de leite em Santa Catarina

Redação

Dia Internacional da Mulher tem corrida de rua exclusiva para elas em Florianópolis

Redação