Blog do Prisco
Manchete

Elizeu Mattos volta à cena e é o pré-candidato do MDB em Lages

Na noite desta sexta-feira (14), foram apresentados os pré-candidatos do MDB catarinense nos 23 municípios das coordenadorias regionais de Lages, São Joaquim e Curitibanos. O Bora 15 – Mobiliza MDB, realizado em Lages, contou com mais de 700 pessoas entre deputados federais, estaduais, prefeitos, vices, vereadores e lideranças emedebistas.

O presidente do MDB-SC, deputado federal Carlos Chiodini, ressaltou que, mesmo após quase seis décadas, a sigla segue sendo a maior de Santa Catarina. “Temos o maior número de prefeitos, de vereadores e de filiados no Estado. Ao longo deste tempo, muitos partidos nasceram, cresceram, morreram, mudaram de nome, de cor e de dono. Mas o MDB permaneceu com seu movimento democrático, cultivando laços, com equilíbrio e sendo uma família”, resumiu. Chiodini lembra que foram nos momentos mais difíceis que vieram as grandes vitórias e, para ele, “essa eleição de 2024 será o divisor de águas no tabuleiro político de Santa Catarina”.

A fala foi endossada pelo presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), Mauro de Nadal. “Só nosso partido, com 58 anos de história, consegue mexer com o coração das pessoas, sensibilizá-las e motivá-las para que participem ativamente da política e façam a transformação que o município precisa, que o Estado precisa”, destacou. Segundo ele, esse é o momento de construção. “Esse é o ano do MDB, vamos fazer o maior número de prefeituras, não somente em Santa Catarina, como em todo o país. O povo está com saudades do partido que conversa, da colaboração, do melhor caminho”.

Hoje, o MDB-SC conta com quatro prefeitos, três vice-prefeitos e 50 vereadores na região. “Só somos um partido forte porque nós acreditamos no MDB, porque temos lideranças do nosso partido em cada município de Santa Catarina”, disse o secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, o deputado estadual licenciado, Jerry Comper. Para o deputado estadual, Cleiton Fossá, a motivação é fundamental para os pré-candidatos que aceitaram o desafio de disputar o próximo pleito. “Eu sei como é difícil, então, parabéns a todos pela coragem. Vocês estão em um partido com um legado que poucos têm, com história, com boa política e com virtudes como a sensatez e o equilíbrio”, declarou.

Durante o evento, ocorreu uma homenagem a Francisco Küster. Nascido em São Joaquim, iniciou a vida política em 1968 no recém-fundado MDB, conquistando uma vaga como vereador em Lages sendo, posteriormente, reeleito. Também foi deputado estadual por três mandatos e, em 1986, elegeu-se deputado federal constituinte por Santa Catarina.

O ex-governador Paulo Afonso Vieira, que tem acompanhado a comitiva em todas as regiões pelo Estado, também reforçou a força da sigla. “Somos um partido com folha de serviços prestados, um partido do diálogo e do equilíbrio. Que nossos candidatos foquem em resolver os problemas de seus municípios, na Saúde, Educação, Infraestrutura. Afinal, o que está em jogo é a vida e o dia a dia das pessoas”.

Elizeu Mattos será o candidato em Lages – O vice-presidente do MDB-SC, deputado federal Valdir Cobalchini, impulsionou a pré-candidatura do ex-prefeito de Lages, Elizeu Mattos, para disputar novamente o pleito. “Conheço o Elizeu há muito tempo, desde quando éramos jovens, lá em Brasília, ele trabalhando com Dirceu Carneiro e eu com Casildo Maldaner. Você não imagina, Elizeu, a alegria que eu sinto pela volta por cima. Se tem alguém que merece, é você”, afirmou emocionado.

Em 2022, o Supremo Tribunal de Justiça (STJ) determinou a anulação da condenação do ex-prefeito Elizeu Mattos, devolvendo os direitos políticos do emedebista, por não haver imparcialidade no julgamento e por irregularidades no processo, iniciado em 2014. Em 2016, Mattos renunciou ao cargo para ficar com os filhos, após o falecimento de sua esposa, vítima de câncer.

“Eu trabalhava 12 horas por dia para transformar nossa cidade, resolver os problemas de Lages. Conseguimos resolver um problema de duas décadas, em relação à falta de água no município e eu paguei por isso. Eu e minha família”, lembra o ex-prefeito em seu discurso, citando grandes melhorias feitas em seu governo, como a criação da patrulha rural e urbana, a recuperação de estradas, os investimentos em educação, a construção do shopping e a vinda de voos comerciais para a região. “Sempre tive paz com minha consciência, por isso estou aqui e sou pré-candidato por Lages. Não por capricho, e sim, por uma questão de honra”, declarou.

fotos>Jeferson Baldo, divulgação

Posts relacionados

Cobalchini assume presidência do MDB catarinense

Redação

Lela ganha apoio de ministros na campanha do PT em Florianópolis

Redação

Podemos indicará o vice de Eduardo Freccia (PL) em Palhoça

Redação