Blog do Prisco
Destaques

Empresários de Jaraguá do Sul montam Central de Captações e Aquisições

A ACIJS – Associação Empresarial de Jaraguá do Sul anunciou nesta quarta-feira (25) a criação de uma Central de Captações e Aquisições com o objetivo de dar suporte ao sistema de saúde do município e com isto reforçar o enfrentamento ao Coronavírus.

 

A Central de Captações e Aquisições vai atuar em duas frentes.  A primeira, como um fundo para angariar recursos financeiros que servirão para a compra de materiais utilizados pela rede pública e nos dois hospitais filantrópicos da cidade – São José e Jaraguá, cuja estruturação já conta, historicamente, com  o envolvimento da iniciativa privada.

 

A segunda frente é na definição de um espaço físico no prédio do CEJAS – Centro Empresarial de Jaraguá do Sul, para o recebimento e organização de materiais e equipamentos que possam ser doados por empresas e comunidade, como um ponto de apoio à rede de saúde.

 

O presidente da ACIJS e do CEJAS, Luis Hufenüssler Leigue, explica que a criação da Central de Captações e Aquisições está alinhada às ações que a classe empresarial vem colocando em pratica para auxiliar o Comitê de Gestão de Crise coordenado pela Prefeitura de Jaraguá do Sul e integrado por várias outras entidades da sociedade civil organizada, poder público e insttuições de classe.

 

Para permitir que pessoas físicas ou jurídicas possam contribuir financeiramente, com qualquer valor, a ACIJS coloca à disposição uma Conta Corrente exlusiva para a Central de Captações e Aquisições junto à cooperativa de crédito CEJASCred – Banco 756, Agência 3366, C/C 6161-1.

 

“A Central de Captações e Aquisições terá como tarefa primordial a gestão destes recursos financeiros e de doações de itens físicos, direcionando-os de acordo com as necessidades elencadas pelas autoridades locais de saúde, a partir da análise de pleitos avaliados pelo comitê coordenado pela administração municipal”, afirma o empresário. A Central de Captações e Aquisições contará com uma equipe da ACIJS, ficando responsável pela realização de pesquisas de preços e negociações com fornecedores de equipamentos e insumos na área da saúde.

 

“São itens de segurança individual, como máscaras de proteção, mas também poderão ser comprados testes para diagnósticos, equipamentos e outros materiais utilizados por médicos e profissionais que estão na linha de frente no combate ao vírus”, completa Luis Leigue.

 

O empresário reforça a importância da adesão de empresas e da comunidade para que o município se estruture adequadamente no combate ao Covid-9 e com isso minimize os efeitos da pandemia em Jaraguá e região. Algumas empresas já realizam doações e a expectativa é de que esta participação aumente a partir da definição de uma central coordenada pela entidade empresarial.

 

Informações sobre a Central de Captações e Aquisições e sobre como contribuir financeiramente ou com doações podem ser obtidas pelos e-mails [email protected] e [email protected], e telefones (47)

98835-7988 e (47) 98804-4078.

 

 

Posts relacionados

Coelho propõe redução de salários de deputados e senadores

Redação

Assolada, Tubarão recebe Fórum Parlamentar

Autor

Eduardo Moreira coloca o PSDB para correr

Autor