Blog do Prisco
Notícias Últimas

Epagri recebe automóveis e maquinários agrícolas para apoiar pesquisa e extensão rural

A Epagri realizou nesta quarta-feira, 29, a entrega de 24 veículos e maquinários agrícola, que serão distribuídos pelo Estado para apoiar ações de pesquisa e extensão da Empresa. A entrega representa investimentos de R$ 2.159.000,33 do Estado e de R$ 619 mil do governo federal. A cerimônia foi restrita a autoridades para evitar aglomeração em decorrência da pandemia.

Ricardo de Gouvêa, Secretário de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, destaca a importância da renovação da frota. “O veículo é uma ferramenta da Epagri para chegar até o produtor e levar tecnologia, para que ele tenha condição de produzir como cada vez mais qualidade, porque entendemos que é sempre preciso melhorar”, afirmou o Secretário.

“Hoje é um dia de alegria para nós”, destacou a presidente da Epagri, Edilene Steinwandter. Ela lembrou que a entrega dos veículos não é para a Epagri, “mas sim para a comunidade, uma vez que é se deslocando com a frota que nossos profissionais chegam até o interior do Estado, levando nosso conhecimento”. A presidente disse ainda que a reposição dos veículos representa “a preocupação da Empresa com a segurança de seus funcionários, além de dar a ele as melhores ferramentas que lhes possibilitem desenvolver um trabalho de excelência, que é o que Epagri prega”.

Segundo Edilene, agora terá início do processo de distribuição dos veículos. “A Epagri tem sua gestão de veículos muito aprimorada e, baseados em critérios claros, definiremos a distribuição nas regiões e nos municípios”. Os critérios citados pela presidente consideram o ano de fabricação dos carros em circulação, bem como a quilometragem rodada e os gastos com manutenção de cada um.

Automóveis

Entre os automóveis entregues, 22 foram adquiridos em 2019, num investimento de R$1.161.500,00, valor R$201.227,00 menor que o custo inicial previsto no pregão. Outros dois foram comprados no início de 2020 e tinham como preço de referência inicial R$ 170.655,33, tendo o valor final ficado em R$ 144.000,00, economia de R$ 26.655,33.

No pregão de 2019 foram comprados 18 Chevrolet Onix 1.0 com alarme, ar-condicionado e direção hidráulica. O investimento em cada um foi de R$ 41.111,12, num total de R$ 740 mil. Também neste pregão, a Epagri adquiriu três Ford Ranger 4×4 completas, cabine dupla, num investimento de R$ 367 mil, e um Fiat Strada com ar e direção hidráulica, a R$ 54,5 mil. Todos os automóveis foram adquiridos com verba da Epagri.
No primeiro pregão eletrônico de 2020 a Epagri comprou outros dois veículos do tipo SUV Peugeot 2008, no valor de R$72 mil cada. O investimento veio do governo federal.

Maquinário

O maquinário entregue no evento vai apoiar especificamente as pesquisas da Epagri, que conta com nove Estações Experimentais e quatro Centros Especializados espalhados pelo Estado. Estas unidades desenvolvem estudos para desenvolvimento das principais cadeias produtivas da agricultura familiar catarinense e também propõem inovações no campo.

“Estão sendo entregues equipamentos de ponta, tecnologias de referência em nível mundial, no sentido de qualificar a pesquisa agropecuária e fazer experimentos em maior quantidade, com qualidade e segurança muito maiores a nível experimental”, explica Vagner Portes, diretor de pesquisa da Epagri. Ele destaca que o investimento dá sustentação a estudos em várias cadeias produtivas e busca atender o maior número possível de unidades de pesquisa da Empresa.

Um dos equipamentos entregue foi a colheitadeira de parcelas automotriz da marca Wintersteiger com duas plataformas, que permite a colheita de experimentos de uma ampla gama de cereais. O investimento foi de R$ 997.500,15, feito com recursos da Epagri. Segundo Vagner, ela vai ser usada em quatro unidades de pesquisa da Epagri (Chapecó, Campos Novos, Lages e Canoinhas) nas cadeias de milho, feijão, trigo, soja, além de aveia e azevém, que são pastagens de inverno. O diretor explica que, além de proporcionar mais qualificação e segurança em análises experimentais, a colheitadeira também supre parcialmente a necessidade de mão de obra nos experimentos, que está cada vez mais escassa.

Com verbas federais, a Epagri adquiriu outros dois equipamentos agrícolas importantes. Um deles é o trator agrícola autopropelido, articulado, com conjunto de pulverização e sistema de semeadura. O trator possui cabine fechada com ar-condicionado e arco de segurança, itens fundamentais para a segurança do operador. O investimento foi de R$170 mil. O outro é a semeadora de precisão para semeadura individual de plantas, adquirida ao valor de R$305 mil.

Os dois equipamentos adquiridos com verba federal vão reforçar pesquisas na cadeia produtiva do arroz irrigado. A Epagri é referência nacional em estudos nesta área, já lançou 32 cultivares do cereal, além de outras tecnologias, que colocam Santa Catarina entre os campeões nacionais em produção e produtividade de arroz.

Posts relacionados

“Não fui procurado por ninguém sobre a MP 220”

Autor

Dalirio apresenta Plano de Trabalho da Política Pública de Atenção Hospitalar e Hospitais Filantrópicos na CAS

Autor

COMISSÃO DE ÉTICA PEDIRÁ CASSAÇÃO DE MANDATO EM ITAJAÍ

Autor