Blog do Prisco
Destaques

Escolas municipais de Jaraguá do Sul superam média nacional do Ideb

As informações e o texto são do Correio do Povo, de Jaraguá do Sul.

“As escolas municipais de Jaraguá do Sul melhoraram ainda mais as notas no Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica).

Os dados atualizados foram divulgados pelo Ministério da Educação nesta terça-feira (15), utilizando como base, notas referentes às provas realizadas em 2019.

Nos anos iniciais do ensino fundamental (1º a 5º ano), o Ideb da rede municipal foi de 7.2. A média do último levantamento, publicado em 2017, tinha sido de 7.1.

escola municipal Jonas Alves, no bairro Tifa Martins, teve o melhor desempenho da rede, conquistando 7.9 no exame. Em seguida, aparece a Cristina Marcatto e Anna Towe Nagel, com 7.8.

Nos anos finais do ensino fundamental, (6º ao 9º ano), o Município obteve a nota 5.9.

Os destaques ficaram com as escolas Anna Towe Nagel (6.6), Cristina Marcatto (6.6) e Waldemar Schimitz (6.5).

Para a secretária de Educação Ivana Atanásio Dias, o resultado é bastante positivo.

“Jaraguá do Sul é uma referência em Educação e é sempre um desafio melhorarmos nossos números. As notas mostram que estamos no caminho certo e que temos que continuar buscando qualidade”, diz.

Média nacional e estadual

O índice registrado nos anos iniciais no país passou de 5,8, em 2017, para 5,9, em 2019, superando a meta nacional de 5,7 considerando tanto as escolas públicas quanto as particulares. Nos anos finais do ensino fundamental, do 6º ao 9º ano, avançou de 4,7 para 4,9.

Em Santa Catarina, o desempenho entre os alunos dos anos iniciais do ensino fundamental alcançou índice de 6,5, seguindo o desempenho registrado há dois anos. Nas séries finais, houve oscilação de 5,2 para 5,1.

O Ideb é calculado com base em dados de aprovação nas escolas e de desempenho dos estudantes no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb). O Saeb avalia os conhecimentos dos estudantes em língua portuguesa e matemática. O índice final varia de 0 a 10.

Evolução Ideb escolas municipais

Anos iniciais

    • 2011: 6.1
    • 2013: 6.2
    • 2015: 6.9
    • 2017: 7.1
    • 2019: 7.2 (meta do Ministério da Educação era de 6.5)

Melhores notas anos iniciais

    • Jonas Alves: 7.9
    • Cristina Marcatto: 7.8
    • Anna Towe Nagel: 7.8

Anos finais

    • 2011: 5.4
    • 2013: 5.4
    • 2015: 5.6
    • 2017: 5.7
    • 2019: 5.9

Melhores notas anos finais

    • Anna Towe Nagel: 6.6
    • Cristina Marcatto: 6.6
  • Waldemar Schimitz: 6.5″

Posts relacionados

OAB manifesta apoio à tese de Santa Catarina

Autor

Ricardo Fabris assume Prefeitura de Criciúma

Redação

Pauta emergencial na Saúde hospitalar

Autor