Blog do Prisco
Notícias

Fabrício articula liberação de recursos para Amfri

O deputado federal, Fabrício Oliveira (PSB), visitou o prefeito de Penha, Evandro Eredes dos Navegantes (PSDB), esta semana. Na cadeira federal desde o dia 7 de julho, Fabrício veio se colocar à disposição do município que lhe creditou 1.091 votos, o segundo mais votado da cidade e terceira melhor votação dentro do Estado.

Fabrício Penha Amfri2

“Permaneço no parlamento federal até o mês de novembro, quando o titular da cadeira retorna (Jorge Boeira, do PP). Até lá, quero me colocar a disposição de Penha para intermedições nos ministérios e sobre a possibilidade de liberação de emendas”, disse Fabrício ao prefeito. “Há anos a nossa região não possui representatividade efetiva em Brasília, mesmo que curta”, acrescentou. Boeira retornará no mês de novembro.

Falando sobre política nacional, política regional, o cenário para o pleito municipal em Balneário Camboriú e a reforma política que tramita em Brasília, o deputado federal apresentou um panorama daquilo que observa na capital federal. “Hoje há um clima de medo e de muito receio (em Brasília)”, afirmou Fabrício, em alusão às investigações de suspeitas de desvios de verbas públicas investigadas pela Polícia Federal.

Após a primeira conversa com as autoridades de Penha, Evandro vai articular uma reunião entre Fabrício, a diretoria do Parque Beto Carrero World e a Governo Municipal. “Muitas são as pautas, mas também devemos apresentar ao deputado o problema da Rodovia Transbeto, que permanece no escuro há anos. Ele (Fabrício) deve abraçar estar causa”, antecipou o prefeito de Penha. A reunião deve acontecer na próxima semana.

Evandro deve ir a Brasília no mês de agosto, junto com os demais prefeitos da região da Amfri para solucionar repasses financeiros do Governo Federal que estão em atraso. Na ocasião deve ter outra reunião com o deputado federal Fabrício, que já se colocou à disposição para acompanhar a comitiva e cobra agilidade federal. “Hoje as prefeituras estão falidas. Os repasses federais obrigatórios, como de Saúde e Educação, estão começando a atrasar e prejudicando os municípios”, confirmou Fabrício.

Ainda participaram da primeira reunião formal de Fabrício e Evandro, os secretários municipais de Serviços Urbanos, Jonas Aurélio Machado, de Turismo, Dorval Carvalho Gonçalves, de Governo, Reginaldo Waltrick e o vereador, Jefferson Ademir Custódio (PSDB).

Fotos: divulgação

Posts relacionados

Prefeitura assina ordens de serviços para pavimentação em Palhoça

Autor

42 Municípios catarinenses são indicados para receber ambulâncias e gabinetes odontológicos

Autor

PP – Progressistas de Joinville marca convenção para 14 de setembro

Redação