Blog do Prisco
Notícias

“Farra das passagens” atinge quatro ex-deputados federais

Acredite se quiser, mas o caso da chamada “Farra das Passagens”, que tem o envolvimento de pelo menos 16 políticos de Santa Catarina, se arrasta na burocracia judicial desde 2008. Há quase dez anos, portanto. Esta semana, o Ministério Público Federal ratificou a denúncia criminal que atinge quatro destes dezesseis, que já são alvo de uma ação penal. O quarteto de acusados, que eram deputados em 2008: Carlito Merss (PT), Angela Amin (PP), Djalma Berger (PSDB à época) e Gervásio Silva (PSDB).

De acordo com a denúncia do MPF, os quatro teriam cometido crime de peculato (usar dinheiro público em benefício próprio), utilizando-se de quase 600 passagens aéreas, que geraram despesas de mais de R$ 400 mil. Impressionante (exceção feita à força tarefa da Lava-Jato e um ou outro caso raro e pontual) a morosidade do Judiciário tupiniquim quando o caso envolve poderosos.

Carlito Merss
Carlito Merss

Angela Amin 2020
Angela Amin
Gervásio Silva
Gervásio Silva

 

Djlama Berger
Djlama Berger

 

 

Posts relacionados

O desabafo de Paulo Bauer após arquivamento de denúncia

Redação

MPSC oferece a primeira denúncia contra envolvidos na 5ª fase da Operação Mensageiro

Redação

GAECO deflagra operação “Lajotas” em combate a crimes contra a administração pública

Redação