Notícias

Fecomércio SC completa 70 anos de história

Ao longo das décadas, entidade mantém-se alinhada às demandas da época

A Fecomércio SC celebra 70 anos de fundação nesta sexta-feira (10.08.2018) com um calendário de ações e projetos, que serão realizados ao longo do ano. Para marcar a data, a entidade lançou a campanha “O Futuro é o Nosso Presente”, na qual um olhar mira o horizonte, transmitindo o propósito da entidade de representar, defender e orientar os setores do comércio, serviços e turismo em Santa Catarina, motores do emprego (63,9%) e do PIB (65,3%) estadual.

Líder da entidade desde 2009, o empresário Bruno Breithaupt será reconduzido à presidência e empossado nesta segunda-feira (13) ao lado da nova diretoria da Fecomércio SC. A ato da posse da gestão 2018-2022 contará com a participação dos membros do Conselho de Representantes da Fecomércio SC, vice-presidentes da Federação e dirigentes do Sesc e Senac. O empresário foi reeleito em votação unânime no mês de maio e permanece à frente da entidade pelo terceiro mandato consecutivo.

“Ano a ano, a Federação atua de forma propositiva nas diferentes esferas do poder público e privado, articulando forças com os setores representados e os braços sociais do Sistema – Sesc e Senac em SC-  para construir um ambiente de negócios propício à competitividade e eficiência das empresas e do próprio Estado, e uma sociedade direcionada ao bem-estar social, desenvolvimento humano, qualidade de vida e qualificação profissional da população”, afirma Bruno Breithaupt.
Saiba como foi a gestão à frente da Fecomércio SC e do Sesc e Senac

A Fecomércio SC congrega 72 sindicatos dos setores de serviços, habitação, varejo, atacado, turismo, supermercados e comércio farmacêutico em Santa Catarina e também é gestora do Sesc (52 unidades fixas e móveis) e Senac (29 unidades operativas) no Estado.

1. PAC e PAS 2015 (IBGE) | 2. Contas regionais (IBGE) | 3. Ministério do Planejamento e Boletim do ICMS/CONFAZ | 4. PAC e PAS 2015 (IBGE) | 5. Empresômetro | 6. RAIS (MTE)

Alinhada às demandas da época

Ao longo das últimas sete décadas, a Federação sempre esteve conectada aos principais movimentos econômicos e sociais ou ao zeitgeist, conceito alemão que significa “espírito do seu tempo”.