Blog do Prisco
Manchete

Fecomércio SC faz análise dos 100 dias do Governo em SC

O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva (PSL), completa 100 dias de mandato nesta quarta-feira (10). No balanço apresentado na terça-feira (9), na véspera do centésimo dia, o chefe do Executivo destacou as ações realizadas no período e as principais medidas de corte de custos e para reduzir a dívida pública, como a proposta de reforma administrativa, a desativação das Agências de Desenvolvimento Regional (ADRs) e a revisão da política tributária.

Para a Fecomércio SC, a abertura de um canal de comunicação sobre os benefícios fiscais em Santa Catarina foi um passo importante para a transparência e eficiência na gestão pública do Estado.

“A partir do diálogo do governo com as entidades empresariais está sendo possível a construção de uma política tributária que atenda aos critérios de eficiência, competitividade e transparência. Alguns projetos de lei já começaram a tramitar na Alesc e nos próximos meses toda a política tributária será debatida e aprovada pelo Legislativo”, aponta o presidente da federação, Bruno Breithaupt (foto). Segundo ele, os incentivos são responsáveis pela instalação de várias empresas no Estado, pela movimentação dos portos e de diversas cadeias produtivas estratégicas para a economia catarinense.

De acordo com Breithaupt, o governo implementou ações importantes no campo da segurança pública, com a redução de homicídios nas principais regiões do Estado. “A segurança é um tema de primeira ordem para todos os cidadãos e foi apontada pelos empresários do comércio de bens, serviços e turismo como central. A gestão colegiada da SSP tem mostrado iniciativas de aproximação da segurança pública com a sociedade e isso é de extrema importância na diminuição da sensação de insegurança”, avalia.

A expectativa da Fecomércio SC é que o governo avance no ajuste de contas, com cortes de gastos e privilégios no setor público, sem o qual o esforço fiscal feito pelos empresários e trabalhadores será dragado pela máquina estatal.

Posts relacionados

Bauer deixa Casa Civil do governo Bolsonaro

Redação

Plano de ação do governo para a infraestrutura é apresentado em encontro na Fiesc

Redação

Falta de quórum adia votação do PLC sobre porte de arma para agente socioeducativo

Redação