Blog do Prisco
Image default
Destaques Notícias

Fiesc enaltece obra de Alcides Abreu, que será sepultado nesta quinta

A Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC) enaltece a contribuição do professor Alcides Abreu, falecido na noite desta terça, 21, ao desenvolvimento da indústria e do Estado de Santa Catarina. “Lamentamos a perda e reconhecemos em Alcides Abreu uma personalidade com ampla visão de futuro, um homem que via à frente de seu tempo. Foi essencial para Santa Catarina poder contar com uma figura tão proeminente, sem a qual o Estado seria menos desenvolvido”, afirma o presidente da FIESC, Glauco José Côrte.

Na FIESC, Abreu foi o primeiro diretor regional do SENAI/SC e coordenou o Seminário Socioeconômico. Envolvendo pesquisas de opinião e encontros em todas as regiões do Estado, o Seminário foi realizado pela FIESC na gestão de seu primeiro presidente, Celso Ramos, que posteriormente se tornaria governador do Estado. O trabalho estabeleceu as bases para o Plano de Metas do Governo (Plameg), que orientou as ações de Celso Ramos à frente do executivo estadual. A partir do Plameg foram criados, entre outros órgãos, Udesc, Celesc, BRDE e BESC, do qual Abreu foi o primeiro presidente. Alcides Abreu idealizou ainda o Projeto Catarinense de Desenvolvimento no governo Colombo Salles, na década de 1970.

Além de sua atuação na FIESC e no governo do Estado, Alcides Abreu foi promotor público, Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, integrante da Academia Catarinense de Letras e professor na Universidade Federal de Santa Catarina, Universidade de Brasilia, Esag/Udesc e Unisul.

Natural de Bom Retiro, Abreu faleceu aos 88 anos, no Hospital de Caridade, em Florianópolis.

alcides abreu morte

SEPULTAMENTO NESTA QUINTA

O sepultamento de Alcides Abreu será nesta quinta, 23, às 14 horas. Data e horário escolhidos permitem que as filhas Márcia e Maria, que moram e trabalham em Genebra, na Suíça, possam participar das despedidas. Alcides Abreu deixa a segunda esposa, Edinete, 3 filhas, 6 netos e 2 bisnetos, fruto de seu casamento com dona Sara. A filha Márcia Donner é ministra conselheira do Brasil na Organização Mundial do Comércio, em Genebra. Ali trabalha, como servidora de carreira, sua irmã Maria. A terceira filha do dr. Alcides, Ana Abreu, é professora em Florianópolis. A diplomata Márcia Donner Abreu teve o nome incluído na nova lista de acesso do Itamarati e em breve será a primeira embaixadora de Santa Catarina.

Foto: Fiesc, arquivo, divulgação

Posts relacionados

A despedida de João Rodrigues

Autor

Rádio Eldorado – 30/04/2015

Autor

LHS atua como Bombeiro para evitar crise entre PMDB e PSD, diz Derly

Autor