Blog do Prisco
Notícias Últimas

Fórum Estadual 2019 destaca disrupção digital

Teatro Pedro Ivo recebeu mais de 500 participantes para o evento

 

O Fórum Estadual de Administração 2019 foi realizado no Teatro Pedro Ivo, em Florianópolis. Mais de 500 pessoas participaram do maior evento voltado à Administração em Santa Catarina. Com promoção do CRA-SC, o Fórum marcou a celebração dos 54 anos de regulamentação da profissão e teve como principal atração o palestrante Samy Dana, com o tema “Disrupção Digital”.

A abertura oficial contou com a participação da diretoria do Conselho Regional. O presidente Adm. Paulo Sérgio Jordani e os vice-presidentes: Adm. Eduardo Bridi, Adm. Isabela Müller, Adm. Karen Bayestorff, Adm. João Luiz Moser e Adm. Manuel da Gama compuseram a mesa de honra da solenidade. O presidente discursou em nome da diretoria e falou sobre a importância da Administração e dos Conselhos Profissionais para a retomada do crescimento do país, “os cursos de Administração representam 22% dos alunos de ensino superior no Brasil. Somos uma nação, a nação Administração. Estamos preparados para fazer parte da mudança que o país precisa. Um Conselho é a fortaleza que guarda e garante a qualidade dos serviços prestados aos profissionais”.

Precedendo a palestra principal, foram realizados a certificação dos participantes do III E-book “Administração Pública na Prática” e o lançamento do Prêmio Boas Práticas 2020. Na terceira edição do livro virtual, seis artigos e um case foram selecionados. Os autores foram reconhecidos no palco do Fórum pelos trabalhos que demonstram, na prática, a função do profissional da Administração nas organizações. Posteriormente, foi realizado o lançamento do III Prêmio de Boas Práticas em Gestão Pública. Rodrigo De Bona apresentou a Rede de Controle da Gestão Pública, promotora do prêmio, que tem como meta identificar, reconhecer, estimular e premiar as boas práticas em gestão. O tema da edição 2020 será “Transparência com cidadania” e as inscrições serão abertas nos próximos meses.

Samy Dana subiu ao palco para falar sobre disrupção digital. O palestrante é professor da Escola de Administração de Empresas da Fundação Getulio Vargas, possui graduação e mestrado em economia, doutorado em administração e Ph.D. in Business. O tema está em alta em todo mundo, chamando atenção pela constante inserção de novas tecnologias nas empresas e nos modelos inéditos de negócios ligados a elas. “Disrupção é basicamente a mudança de uma indústria em um curto período de tempo, recombinar as peças de um negócio consolidado e criar novos modelos. As ideias disruptoras não roubam apenas clientes, mas modelos de negócios”.

Segundo o palestrante, vivemos a 3ª onda de disrupção que foca na quebra da cadeia de valor da jornada de compra tradicional. A otimização de funções por meio de inovações tecnológicas tornam serviços e atividades mais acessíveis a um público maior, apresentando novas perspectivas de mercado. “Passamos por uma fase disruptiva em que ocorre a quebra dos elos entre as atividades rotineiras do consumidor por uma ferramenta digital. São os clientes que causam essa disrupção, e não as startups. Assim como não é a inserção de novas tecnologias que causa a disrupção, e sim a inovação no modelo de negócios, como a Uber, por exemplo”, completa.

Além de sucesso de público, o evento recebeu uma grande ação social. Os participantes doaram latas de leite em pó que serão encaminhados a instituições da região.

Posts relacionados

Certificado de Zona Livre de Peste Suína é apresentado a Colombo

Autor

Ronaldo Benedet recebe homenagem do hospital São José

Autor

Guidi e Amin independentes na Assembleia

Autor