Blog do Prisco
Artigos

Gigantes do Agronegócio

Altair Silva, deputado estadual por Santa Catarina

Quando começamos a quantificar o que Santa Catarina representa para o Brasil facilmente nos sentimos orgulhosos. Ampliando a lupa e direcionando para o Oeste Catarinense, vemos pouco mais de 120 municípios, com população média de 12 mil pessoas, que surpreende. Impulsionados por uma força chamada Agronegócio, observamos uma região pequena, mas gigante na produção.

Por essa que hoje ainda é a região mais desassistida do Estado, passa a “rota das agroindústrias”. Conglomerados como BRF, JBS, e Aurora, nasceram e se desenvolveram nessa que é a área que mais produz proteína de origem animal do mundo e que agora, recebe também o maior frigorífico do Brasil, inaugurado pelo Grupo Aurora abatendo 10 mil cabeças de suínos por dia, empregando cerca de 5,5 mil trabalhadores e gerando 221 produtos cárneos.

O Estado já corresponde por boa parte das exportações nacionais, tem na sua carteira mercados importantes, exigentes e com perspectivas de aumento até o fim do ano. Maior produtor de suínos do país, segundo maior de carne de frango, e com a terceira bacia leiteira do Brasil, carrega consigo uma produção pujante e um status sanitário diferenciado. Potencias feitas há muitas mãos, mãos essas de um povo que vive com tradição e cultura, e acima de tudo, com muito trabalho. Povo que não tem medo nem vergonha de acordar cedo e dormir tarde para alimentar o mundo e impulsionar o agronegócio de um país.

Com desafios cada vez maiores para suprir as necessidades logísticas e de alimentação animal, clamamos pela recuperação e duplicação de rodovias, investimento em ferrovias e uma rota para a chegada de grãos, o motor da agroindústria do Oeste. Engana-se quem pensa que o frango, os suínos e a bovinocultura são o motor dessa pujante produção, são as engrenagens, que tocadas pelo milho tornam o Oeste referência para o mundo. Não podemos nos acomodar, precisamos ser otimistas e provocadores para causar mudanças. É hora de revolucionarmos, valorizarmos esses que acreditam e investem em Santa Catarina e no Brasil. Com desafios claros, metas impostas, e sonhos que ainda precisam ser realizados, precisamos da disponibilidade de todos, para que consigamos avançar e expandir economicamente.

Posts relacionados

Previdência não sobrevive de promessas

Autor

JANELA DE OPORTUNIDADE

Autor

Priorizar e resgatar senso de urgência

Shirlei Demetrio