Blog do Prisco
Destaques

Governador determina abertura de mais 32 leitos infantis nos próximos dias

Novas UTIs pediátricas devem chegar a 80 nas próximas semanas

O Governo do Estado está organizando para os próximos dias a abertura de 32 leitos de UTI infantil. O anúncio foi feito pelo governador Jorginho Mello. Diante do momento sazonal, com casos de doenças respiratórias, há grande demanda de leitos hospitalares infantis, causando uma sobrecarga no sistema de saúde.

Esses novos leitos estão distribuídos em duas regiões do estado. Na Grande Florianópolis serão 12 leitos de UTI neonatal, sendo cinco no Hospital Ilha e sete no Hospital Regional de São José. Já para a região do Vale do Itajaí serão 20 leitos no Hospital Imigrantes em Brusque.

“O Estado não pode faltar onde ele é mais necessário, que é na saúde das crianças catarinenses. Sou pai e avô, sei o desespero que é ter uma criança doente em casa. Por isso, determinei a ampliaçao dos leitos no menor tempo possível, não existem desculpas que justifiquem a falta de vagas. Sabemos que o problema é histórico, mas nosso esforço é nesse sentido hoje. Saúde sempre é prioridade”, disse o governador Jorginho Mello.

Desde o início deste ano, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), há um trabalho dedicado à ampliação do número de leitos de retaguarda, além dos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI). Da mesma forma, as equipes das unidades de saúde vêm desenvolvendo fluxos de rotatividade dos pacientes.

O trabalho para ampliar o número de leitos seguirá em andamento. Ainda estão sendo alinhados mais 48 leitos, sendo 30 no Hospital Marieta Konder Bornhausen, de Itajaí; oito no Hospital Regional de Araranguá, de Araranguá e 10 no Hospital Dom Joaquim, em Sombrio.

As obras de ampliação em unidades hospitalares do Estado também irão proporcionar uma ampliação da rede de atendimento. “São várias frentes. Hospitais que já podem ativar, mas que estão dependendo dos contratos finais. Temos aquelas unidades que precisam contratar recursos humanos, outras que necessitam de ampliações, a exemplo do Hospital Regional, que prevê mais 10 leitos para adultos e o Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, em Lages, 20 leitos”, explicou a secretária de Estado da Saúde, Carmen Zanotto.

A secretária também destaca que existem outras obras, já autorizadas pelo governador, em andamento. É o caso da ampliação do Hospital Infantil Joana de Gusmão, com leitos pediátricos e neonatais.

Foto: Eduardo Valente / Secom