Blog do Prisco
Manchete

Governador se reúne com Lunelli e Fetrancesc e diz que recuperar rodovias é prioridade

Logo após retornarem de uma viagem institucional ao Panamá, o governador Jorginho Mello (PL) e o deputado estadual Antídio Lunelli (MDB) se reuniram, nesta segunda-feira (30), para tratar da situação das rodovias catarinenses.

Também participou do encontro o presidente da Federação das Empresas de Transportes de Cargas e Logística de Santa Catarina (Fetrancesc), Dagnor Schneider e o diretor-executivo, Renato Macedo.

Conforme o deputado, que preside a Comissão de Transportes da Alesc, a preocupação diante das condições da malha viária aumentou após os recentes eventos climáticos que afetaram Santa Catarina.

O governador Jorginho Mello disse que o Estado está trabalhando para recuperar as SC’s. “Estamos trabalhando firmemente para dar suporte aos catarinenses e melhorar as estradas é fundamental para voltarmos à normalidade. É nossa prioridade”, garantiu.

Estudo mostra defasagem
Na reunião, Schneider apresentou ao governador uma pesquisa da Confederação Nacional do Transporte (CNT), comparando com dados do Paraná. Segundo o estudo, o estado vizinho tem 15,9% das suas rodovias pavimentadas, enquanto Santa Catarina tem apenas 6,6%. O Paraná também sai na frente no ranking nacional das melhores estradas, ocupando a 9ª posição. Santa Catarina aparece somente na 15ª colocação.

“Essa comparação evidencia o quanto, historicamente, estamos atrasados em relação à nossa malha viária. Somos um dos Estados que mais contribui com a União e um dos que menos recebe investimentos para infraestrutura”, disse Lunelli.

O presidente da Fetrancesc enfatizou como a situação atinge diretamente os preços dos produtos transportados, impactando o consumidor final. “Com as más condições das nossas estradas, as empresas gastam mais na manutenção e operação dos veículos. Isso limita nosso crescimento, restringe a expansão dos negócios e dificulta a distribuição de produtos”, comentou.

Obras estratégicas

Na reunião, o deputado elogiou o comprometimento do Estado com a criação do programa Estrada Boa, mas avaliou ser fundamental um acompanhamento e cobrança por parte dos representantes catarinenses também com as obras federais. Entre elas, a melhoria no trecho entre Porto Belo e Penha, na BR-101, que está com projeto aguardando aprovação na ANTT, sem nenhuma evidência de sua implementação a curto prazo. Outra pauta vista como urgente é a construção de uma rodovia paralela à 101, ligando Joinville à Florianópolis.

Após as explanações, o governador afirmou que a infraestrutura é uma das bandeiras do seu governo e se comprometeu em buscar apoio em âmbito federal para as obras estratégicas da malha viária catarinense.

Confira o documento entregue pela diretoria da Fetrancesc ao governador de SC

fetrancesc doc

Posts relacionados

Confiança em Jorginho

Redação

MDB confirma pré-candidatura de Carelli a prefeito

Redação

O futuro do Republicanos e os acordos com PL e PSD

Redação