Blog do Prisco
Destaques Notícias

Governadores do Sul vão a Dilma pedir socorro financeiro

No encontro do Codesul desta quarta, 7, os quatro governadores da região, além de lançaram um novo programa que vai garantir, somente para os municípios de SC, R$ 150 milhões, também assinaram a carta deste colegaido, com um pedido de audiência do conselho com a presidente Dilma Rousseff para tratar de interesses coletivos da região. Com seus caixas falidos (Rio Grande do Sul e Paraná) ou ameaçados (caso de Santa Catarina) muito em função da crise econômico, os mandatários vão pedir o alongamento dos prazos para pagamentos das dívidas estaduais contraídas via BNDES ou junto à própria União.

codesul curitibaTodos os itens lisados no documento têm o objetivo dedar refresco à situação financeira, como a antecipação da alteração do indexador e dos juros da dívida dos Estados. Hoje, o indexador é o IGP-DI, acrescido de juros entre 6% e 9% ao ano. A proposta é trocar para o IPCA ou a taxa Selic (o que for menor) mais 4% ao ano. A atual previsão do governo federal é de que o projeto seja avaliado só em 2016 ; transferêcias, pela União, dos auxílios financeiros aos Estados exportadores relativos a 2015; a regulamentação dos créditos da Lei Kandir; ampliação do prazo para pagamentos de precatórios, entre outros (veja cópia da carta abaixo).
O governador Colombo fez um balanço positivo da reunião. “É sempre muito boa essa integração, essa troca de experiência. Todos estão preocupados com a queda de arrecadação e é bom ver o que cada um está fazendo para nos prepararmos para enfrentar com mais qualidade os desafios que temos pela frente”. Os secretários de Estado da Casa Civil, Nelson Serpa, e do Planejamento, Murilo Flores, também acompanharam a reunião.

Da E para a D: José Ivo Sartori (RS), Raimundo Colombo, Beto Richa (PR) e Reinaldo Azambuja (MS).

Foto: Orlando kissner, ANPr

Posts relacionados

Municípios de SC têm R$ 322 milhões a receber

Autor

Lava Jato também no Judiciário

Autor

Natalino: seguir o exemplo da JBS

Autor