Blog do Prisco
Destaques

Hora de definição no MDB

Estão a todo vapor, nos bastidores, as articulações para definir, muito provavelmente ainda neste mês, o nome do MDB para a cabeça de chapa. O assunto foi tratado diretamente em reunião do governador Eduardo Moreira com a bancada estadual do Manda Brasa, esta semana.

A palavra consenso foi bastante utilizada no encontro. Além do próprio Moreira, o partido tem outro pré-candidato a governador. Mauro Mariani, deputado federal e presidente estadual da sigla. Está na estrada faz tempo.

Há um fator preponderante para fechar a equação emedebista. Se o PSDB decidir pela aliança com o MDB (ventos favoráveis), tudo leva a crer que o candidato a governador será Eduardo Moreira. Caso contrário, a missão, mais espinhosa, caberia a Mariani.

De qualquer forma, a pressão cresce no Manda Brasa para que haja a escolha do nome antes do prazo fatal das convenções, que é 5 de agosto. Fortaleceria o partido, encaminhando a sigla para a unidade que hoje não existe. Também porque, nos outros partidos – PSD, PSDB e PP -, já há nomes estabelecidos e com o pé na estrada.

Descontração momentânea

Quatro pré-candidatos ao governo de Santa Catarina participaram, na noite de quinta-feira, 4, do ciclo de debates político e socioeconômico,  promovido pelo GOSC/GOB-SC/GLSC – Articulação SOMAR. Ocorreu na sede da OAB de Joinville e reuniu Esperidião Amin, Paulo Bauer, Mauro  Mariani e Jorginho Mello. O local lotou e atraiu figuras conhecidas da política à plateia. Lá estavam os deputados tucanos Marco Tebaldi (federal) e Vicente Caropreso (estadual), o prefeito Clenilton Carlos Pereira, de Araquari; e o presidente da Câmara de Vereadores de Joinville, Odir Nunes.

Políticos na muda

O debate ocorreu num clima amistoso e de respeito entre os pré-candidatos presentes.  Todos apresentaram seus pontos de vista a respeito da situação Nacional e Estadual e da perspectiva de cada um, as principais ideias e diretrizes para a gestão estadual nos próximos anos.

Foi realmente um momento sem embates ou enfrentamentos. No estágio atual da pré-campanha, quando todos ainda são pré-candidatos, a estratégia adotada é a da cautela absoluta. Até porque, ninguém sabe realmente como ficarão as composições e quem serão os candidatos a partir de agosto.

FRASE

“Se o governo reconheceu que a cobrança era injusta, também precisa admitir que as multas aplicadas não podem mais ser executadas. Espero, portanto, a compreensão do governo para a deflagração de um processo administrativo com esta finalidade.” Deputado Natalino Lázare, pedindo o cancelamento de multas aplicadas, indevidamente, a suinocultores de SC.

Encontro na aldeia

No dia 12 de maio, os pré-candidatos da Rede em Santa Caarina terão encontro político em local diferenciado. Será na Aldeia Guarani de Biguaçu. O cacique do local, Hyral Moreira, será o anfitrião. Ele também é pré-candidato a deputado estadual. Outro líder indígena, o cacique Leopardo, da aldeia Huini Kuin do Acre, que tem seu título eleitoral em SC, será candidato a deputado federal. Ele também participará do encontro na aldeia.

Marina em SC

Rogério Portanova, que será o candidato a governador pela Rede, participará de reunião da executiva nacional no dia 20 de maio. Tratará da vinda de Marina Silva ao Estado e também proporá um encontro dos pré-candidatos a governador pela Rede. Ele avalia a possibilidade de lançar a pré-candidatura durante o evento do dia 12 na Aldeia Guarani.

foto>Secom, arquivo, divulgação

Posts relacionados

Governo do Estado recomenda adoção de medidas mais restritivas em Chapecó e região Oeste

Redação

Cunha aceita pedido de impeachment

Autor

Amin quer urgência na aprovação do projeto que garante o auxílio mensal de R$ 600 para os trabalhadores informais

Redação