Blog do Prisco
Destaques

Investimento em tecnologia faz São José, na Grande Florianópolis, abrir 3 mil empresas em um mês

Processo que antes durava 90 dias passou a ser feito em poucos minutos, destravando o empreendedorismo

O investimento em tecnologia está mudando o cenário econômico de São José, na Grande Florianópolis. O quarto maior município catarinense completou em junho de 2023 a digitalização de todos os processos necessários para abertura de empresas, após mudar sua plataforma de gestão em setembro de 2022. No período de um mês após a implantação, foram abertas 3 mil novas empresas na cidade — 2 mil delas com aprovação de documentos de forma automatizada e praticamente instantânea, com tecnologias de inteligência artificial. Há quatro anos a criação de um CNPJ no município demorava até 90 dias.

Secretário da Casa Civil, Luiz Fernando Verdine Salomon diz que agilizar a abertura de empresas é fundamental para ganhar competitividade. “Antes o empreendedor enfrentava até três meses de burocracia para começar a trabalhar. Muitos preferiam instalar seus negócios em cidades vizinhas. A diminuição da burocracia melhorou o ambiente de negócios e tornou a cidade mais atrativa”. Desde a entrada em funcionamento da nova tecnologia no município, foram 4559 pedidos de abertura de empresas inseridos de forma digital e integrada no sistema da prefeitura.

A mudança faz parte de um projeto mais amplo do município de 270,2 mil habitantes. “O objetivo é tornar São José uma cidade inteligente e atrair ainda mais investimentos”. A transformação digital da cidade inclui o uso de um sistema de gestão único em nuvem, o Atende.Net, da promoção de uma jornada única ao cidadão com processos digitais, e do software Starter, tecnologias desenvolvidas pela catarinense IPM, que unem em uma única solução o que antes eram 76 bancos de dados e 8 sistemas usados pela Prefeitura e outras 12 entidades (fundos e fundações) ligadas ao município. Só em 2023, São José superou os 2,2 milhões de acessos a serviços públicos digitais. Hoje o município tem 104 serviços disponíveis online.

Segundo a gerente de Tecnologia e Inovação na IPM, Lúcia Mees, a transformação digital da gestão pública é uma forma de melhorar a experiência do cidadão e garantir dados para que os Municípios tomem melhores decisões para a população com inteligência artificial. “O fundamental é que as soluções gerem benefícios para o cidadão e para a administração pública. É isso o que São José tem feito, construindo uma cidade inteligente com foco no cidadão e no desenvolvimento econômico, a partir de bases tecnológicas sólidas que tornam o Município referência em tecnologia na gestão”.

Inovação na gestão pública

Através de tecnologia e desenvolvimento de uma cultura orientada à inovação, as cidades brasileiras têm avançado em sua transformação digital, destacando-se como referência global no assunto. Em novembro de 2022, o Brasil conquistou o 2º lugar no GovTech Maturity Index, do Banco Mundial, que aponta os países mais avançados em tecnologia e eficiência no setor público. Cidades como São José têm tomado a frente no processo, e são um exemplo de como a tecnologia pode agir como ferramenta de transformação econômica e social.

Além de tecnologia para automação e maior eficiência na abertura de empresas, a cidade tem investido na transformação digital da administração pública como um todo, propiciando uma jornada totalmente digital para a população. Como resultado, centenas de serviços já estão disponíveis por meio digital e por aplicativo, sem filas de espera. A solução Starter e a plataforma de gestão do Município, o Atende.Net, foram criados pela IPM Sistemas, empresa catarinense de tecnologia especializada no desenvolvimento de soluções tecnológicas para a gestão pública, presente em mais de 700 órgãos públicos.

Posts relacionados

Jorginho Mello e Adeliana Dal Pont reforçam projeto para eleições em São José

Redação

O novo 25

Redação

Em ato prestigiado, Ricardo Guidi oficializa R$6 milhões ao Hospital São José

Redação