Blog do Prisco
Image default
Notícias Últimas

Joinville e BID assinam contrato de US$ 70 mi

A Prefeitura de Joinville assinou nesta terça-feira, dia 1 º de agoto, o contrato de financiamento de US$ 70 milhões com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).
O ato foi feito pelo prefeito Udo Döhler e pelo chefe de Operações do BID, Félix Prieto, no escritório do banco em Brasília (DF).
O valor é parte do Projeto Viva Cidade 2 – Revitalização Ambiental e Urbana do Município de Joinville, que tem custo total de US$ 140  milhões de dólares). Os outros US$ 70 milhões serão financiados com recursos da contrapartida local do município.
Udo Döhler - BID2
O valor é parte do Projeto Viva Cidade 2 – Revitalização Ambiental e Urbana
O objetivo do projeto, que será executado em cinco anos, é contribuir para a melhoria da qualidade de vida da população, por meio de ações de mitigação de riscos de inundações, de ampliação do acesso aos serviços de saneamento e de preservação dos mananciais.
Os recursos serão usados para obras de macrodrenagem no Rio Itaum-Açu (bacia do Rio Cachoeira), microdrenagem e pavimentação das respectivas vias; e projeto, construção de redes de microdrenagem no bairro Vila Nova (bacia do Rio Piraí) e pavimentação de suas respectivas vias. 
O prefeito Udo Döhler tratou o ato como um momento histórico nos investimentos de recursos para Jonville. Ele disse que o crescimento do município está direcionado para a zona Sul, por isso a importância das obras de marcrodrenagem naquela região, a exemplo do que acontece com as ações de prevenção de cheias o rio Mathias, em andamento.
“Isso vai permitir com que ser resolva os problemas das enchentes na zona Sul, concluir o sistema de esgoto sanitário no Vila Nova e implantar o Parque Piraí para valorizar o turismo e lazer naquela região”, salientou o prefeito. 
O investimento inclui ainda saneamento urbano com, aproximadamente, 57 mil metros de redes de esgotamento sanitário, 5.600 conexões de esgotos e uma estação elevatória, que conduzirá o esgoto coletado à estação de tratamento de efluentes (ETE) Jarivatuba. Também será instalado o Parque Piraí, espécie de balneário, com ciclovias e quadras desportivas.
As ações serão coordenadas por meio da Secretaria de Administração e Planejamento (SAP). Para a execução do Projeto, a SAP atuará por meio da Unidade de Coordenação do Projeto (UCP), que será responsável pela coordenação geral e por sua efetiva execução, atuando como órgão de interlocução entre o município, o Banco, e as demais entidades participantes do projeto. A UCP realizará o planejamento, a gestão administrativa e financeira, o acompanhamento técnico, a fiscalização e a avaliação das atividades.
No final de setembro Joinville recebe uma comitiva do BID para a chamada “Missão de Arranque”, que é o ponta-pé inicial para definir os cronomagramas de ações para a execução dos trabalhos.  A partir disso será feito os encaminhamentos para licitações dos projetos das obras previstas.
Fotos Jacksson Zanco, divulgação

Posts relacionados

LUMMERTZ ESCUTA DEMANDAS DO SETOR PRIVADO EM SÃO PAULO

Autor

“Dinheiro público é para saúde, educação, segurança e não para financiar campanhas políticas”

Autor

Dalirio retira projeto e reafirma apoiou à Ficha Limpa

Autor