Blog do Prisco
Image default
Destaques

Jorginho e Paulo Bauer declaram guerra

O clima está fervendo na coligação Santa Catarina Quer Mais! Os dois candidatos ao Senado, Jorginho Mello (PR) e Paulo Bauer (PSDB), declararam guerra nos instantes finais da campanha.

O representante do PR acionou a Justiça Eleitoral. Acusa o tucano de ter agido de “forma desleal e desonrosa ao

partir para o ataque contra o Representante (Jorginho), veiculando propaganda negativa às 19:15 da data de hoje, 3 de outubro de 2018. E o que é pior, Excelência, tendo em vista a imaculada trajetória do Representante, o Representado (Bauer) utilizou-se de fotos absolutamente fora de contexto para induzir o eleitor a erro, afirmando que Jorginho Mello apoiava a Presidente Dilma,” diz trecho da representação.

A defesa de Jorginho pede aplicação de multa mínima de R$ 50 mil e a notificação dos veículos de comunicação para a retirada do vídeo  que foi veiculado na propaganda eleitoral de Bauer. Na inserção, o tucano tentou vincular não só Jorginho Mello, mas também Raimundo Colombo, à ex-presidente Dilma Rousseff.

A situação está causando profundo mal-estar, ainda, no MDB. Pois o ataque ocorreu em pleno horário eleitoral gratuito!

Ao juízo, o candidato do PR ao Senado afirma que até então, os dois candidatos faziam campanhas juntos, com material casado e participando dos mesmos eventos. Jorginho também sentiu-se prejudicado porque um dos motes de sua campanha foram justamente os votos pelo impeachment de Dilma Rousseff, pela cassação de Eduardo Cunha e pela autorização de investigação contra o presidente Michel Temer.

Posts relacionados

Moreira irrita o Planalto e entra na mira da nacional

Autor

Relatório na comissão do impeachment será votado nesta segunda

Autor

Palocci indiciado pela Polícia Federal

Autor