Blog do Prisco
Manchete

Júlio Garcia arquiva impeachment de Moisés

Moisés da Silva não terá que conviver com o fantasma dos trâmites de um processo de impeachment. Na tarde desta quarta-feira, o presidente da Alesc, Júlio Garcia, decidiu arquivar o pedido. O deputado teria essa prerrogativa em função do cargo que ocupa na Casa.

 

Além de Moisés, estão livres do processo a vice-governadora Daniela Reinehr; o secretário Jorge Tasca (Administração); e Clélia Iraci da Cunha (procuradora geral do Estado).

Resumidamente, Garcia embasou-se em nova orientação da Procuradoria da Casa, dando conta de que a peça acusatória é genérica e sem elementos que respaldem uma ação desta natureza.

Os quatro agentes públicos foram acusados de crime de responsabilidade pela equiparação dos salários dos procuradores do Estado à remuneração dos procuradores da Assembleia Legislativa.

No dia anterior, o chefe do Ministério Público estadual, Fernando Comin, já havia determinado o arquivamento das mesmas acusações no âmbito do MPSC. Ao fim e ao cabo, Júlio Garcia, experiente e articulado, resolveu praticar o gesto e quem sabe melhorar o relacionamento absolutamente protocolar entre os Poderes.

 

foto>Bruno Collaço, Ag. Alesc

Posts relacionados

Darci de Matos se licencia da Câmara para disputar em Joinville

Redação

Bancada do MDB marca posição contra possível tributação de defensivos agrícolas

Redação

Deputado pede afastamento de secretário da Saúde no caso dos respiradores fantasmas

Redação