Blog do Prisco
Manchete

Justiça começa ouvir envolvidos na Alcatraz

Começaram hoje à tarde as audiências de instrução no âmbito da Operação Alcatraz, desencadeada em 30 de maio pela Polícia Federal.

Até o momento, tramitam, na Justiça Federal, quatro ações penais. A juíza Janaina Cassol Machado agendou para ontem, hoje e amanhã (quarta) os depoimentos daqueles que já são réus e também de testemunhas. No total, serão quarenta pessoas ouvidas pelo Juízo Federal.

Segundo a denúncia, os fatos apurados teriam relação com dispensas de licitação junto às extintas Secretarias Regionais de Ituporanga e Rio do Sul, no Alto Vale do Itajaí.

Os negócios foram levados a cabo em contratos para minimizar, de forma emergencial, os efeitos das cheias de 2011 na região. A outra leva de audiências, envolvendo os réus na Alcatraz, está prevista para ocorrer entre 12 e 19 de novembro.

Quanto à segunda etapa de indiciamentos, que abrangeu 21 pessoas com destaque para o presidente da Assembleia Legislativa, Júlio Garcia; o Ministério Público deverá arquivar ou oferecer as denúncias até a próxima semana.

Chabu

Na outra Operação deste ano que sacudiu a Capital e a política catarinense, pela qual se investigam quebra de sigilos de ações policiais, patrocinadas por dois delegados, existe a possibilidade de indiciamentos até a primeira quinzena de novembro. Na Chabu, um dos alvos foi o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (sem partido), que chegou a ser preso.

 

Posts relacionados

Definida pauta que parlamentares catarinenses levarão a Bolsonaro

Redação

Facisc divulga dados do Índice de Performance de Economia de SC

Redação

Mandetta, da Saúde, foi o primeiro ministro de Bolsonaro a visitar SC

Redação