Blog do Prisco
Destaques

Liberdade econômica e protagonismo empresarial

A Embaixada da Itália realizou em Brasília um encontro com o Ministro da Infraestrutura do Governo Bolsonaro, Tarcisio Freiras, para uma apresentação do Programa de Infraestrutura do Brasil: estrada, ferrovias, portos e aeroportos.
Além do Ministro da Infraestrutura, participaram também o Secretário de Articulações Internacionais do Estado de Santa Catarina, Derian Campos e o Presidente da Câmara Italiana de Comércio e Indústria de Santa Catarina.
Em sua exposição aos cerca de 150 representantes de empresas e instituições, o Ministro apresentou a pauta da pasta da Infraestrutura dando clara ênfase à liberdade econômica e ao fortalecimento dos quadros das agências reguladoras.
Derian Campos, embaixador italiano e Tullo Cavallazzi – foto>divulgação
Pretende realizar o leilão dos 44 aeroportos brasileiros até o final de 2022, incluindo os aeroportos Santos Dumont e Congonhas. Na área de Portos o movimento é o mesmo e a meta é privatizar 30 portos públicos brasileiros.
Sobre Santa Catarina o Ministro citou textualmente sua preocupação com a BR 470 e, por isso, indicou-a como projeto prioritário, além de elogiosa referência ao cumprimento do contrato de concessão pelo aeroporto de Florianópolis (Floripa Airport).
Informou ainda que a pasta tem conversado com o Câmara dos Deputados para apresentação de um “pacote legislativo” que permita a tramitação rápida de projetos prioritários, exemplificando autorização de rodovias, alteração na lei de debêntures e modernização da Lei de Desapropriações.
Freitas finalizou sua apresentação exortando a necessidade de que o país experimente o “protagonismo empresarial”. Ele defendeu que as empresas abracem o planejamento da Infraestrutura, inclusive como forma de contraponto de forças que impedem o desenvolvimento econômico como, por exemplo, ações judiciais propostas pelo Ministério Público e ONGS para suspender a implementação de projetos.
Já o Secretário de Relações Internacionais de Santa Catarina  fez uma exposição sobre as ideias condições do estado de Santa Catarina para o recebimento de investimentos privados.  Respondeu perguntas dos empresários e marcou a presença do Estado no importante evento internacional.

Posts relacionados

Comissão do Senado aprova PEC das Diretas

Autor

Alesc acaba com aposentadoria dos ex-governadores

Autor

Colombo volta de Brasília com R$ 43 milhões

Autor