Blog do Prisco
Image default
Coluna do dia

Mais três nomes

Embora o governador eleito, Carlos Moisés, tenha oficializado mais um nome para compor a nova estrutura do Governo do Estado, com Maria Elisa da Silveira de Caro para a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social, pasta que antes era chamada de Secretaria de Estado da Assistência Social, há outros dois nomes já dados como certos nos bastidores.

Os do professor Luiz Felipe Ferreira, coordenador da equipe de transição, para a Controladoria Geral do Estado (conforme adiantado pela coluna, que também antecipou que o governo vai criar a própria CGE) e da promotora Naiara Czarnobai Augusto para a pasta da Integridade e Governança, uma das novidades da reforma administrativa de Moisés.

Naiara, assim como Ferreira, já integra a equipe de transição administrativa e ganharam a confiança do governador eleito.

 

Infraestrutura

Para a pasta estratégica que toca as obras no Estado, ganhou força o nome de um general do Exército, que já teria comandado o batalhão de Lages. Até então, o favorito era o engenheiro Ricardo Saporitti, que atua junto à Fiesc, fazendo os levantamentos sobre a situação das estradas em Santa Catarina.

 

Reapareceu

No primeiro evento público após a eleição, o deputado Mauro Mariani, que disputou o governo de SC em 2018, recebeu, nessa quinta-feira, o título de Cidadão Honorário de Canelinha. Durante discurso, ele ressaltou o orgulho de sua trajetória na vida pública, marcada por mais de 20 anos de trabalho pelo Estado.

 

Fora das eleições

“Não pretendo mais disputar eleições, mas continuo a defender que é pela política que vamos encontrar as soluções para os problemas do Brasil e de Santa Catarina. Vou continuar estimulando a política do bem, aquela que transforma uma sociedade”, destacou ele. Na ocasião também foram homenageados o deputado Rogério Peninha e o deputado Aldo Scheneider (em memória), representado por sua esposa Marita Otto Schneider.

 

Começou

Deputados de partidos do chamado Centrão, PP, DEM, PR e por aí vai, já estão mandando recados para Jair Bolsonaro. Se não ganharem espaços no governo como eles querem, notadamente no primeiro escalão, a nova legislatura já pode começar com pedido de CPI sobre o caso do ex-motorista de Flávio Bolsonaro.

Para os mais empolgados, é bom lembrar: a velha política não morreu!

 

Diplomação

Os políticos considerados eleitos pela Justiça Eleitoral serão diplomados nesta terça-feira à tarde. Entre eles vai estar Ricardo Guidi, do PSD, que conseguiu importante vitória no TSE. O tribunal superior, por decisão liminar, determinou a diplomação dele em vez de Ana Paula Lima, do PT, que tinha conseguido a vaga no TRE.

 

Federal

O empresário itajaiense Jorge Seif Júnior foi escolhido para integrar a equipe de transição ligada a área da Agricultura. Por ora, é o único catarinense convidado por Jair Bolsonaro para ocupar um cargo federal. No caso, o de secretário Nacional de Pesca e Aquicultura. A Pesca será uma secretaria subordinada ao Ministério da Agricultura, a ser pilotado pela deputada Tereza Cristina.

Posts relacionados

Renovação tucana

Autor

Knaesel detido

Autor

Lula da Silva e Rodrigues

Autor