Blog do Prisco
Manchete

MDB decide por candidaturas próprias em Florianópolis, Itajaí e Balneário Camboriú

A pouco menos de um ano das eleições, o cenário para o MDB começa a ganhar contornos mais definidos em três dos maiores colégios eleitorais catarinenses. Em Balneário Camboriú, o ex-prefeito Edson Piriquito já está autorizado pelo partido a falar como pré-candidato a voltar ao posto que ocupou por dois mandatos entre 2008 e 2016. Em Itajaí, o atual ocupante do cargo, Volnei Morastoni, irá concorrer à reeleição.

Em Florianópolis, também houve avanço. Com o aval inclusive do senador Dário Berger, ficou decidido que o vereador Rafael Daux assume a presidência provisória da legenda na capital. Ele tem 90 dias para apresentar uma nova composição ao diretório municipal com o desafio de buscar um nome de consenso para disputar a sucessão do ex-emedebista Gean Loureiro. As resoluções foram aprovadas por unanimidade em reunião da Comissão Executiva realizada nesta terça na sede do diretório estadual.

– O MDB sempre foi protagonista nas eleições e não será diferente desta vez. A não ser em circunstâncias muito especiais, teremos candidatos em todas as principais cidades do Estado – afirmou o presidente da sigla em Santa Catarina, deputado federal Celso Maldaner.

Houve ainda avaliação das convenções municipais ocorridas nos últimos dias 19 e 20 de outubro. Das 295 cidades catarinenses, em pelo menos 280 o escolha dos novos dirigentes transcorreu normalmente. Em Balneário Arroio do Silva, Bombinhas, Cerro Negro, Florianópolis, Herval do Oeste, Ouro Verde e Urubici, foram nomeadas comissões provisórias para dar continuidade ao processo.

Além de Maldaner, participaram do encontro o vice-presidente do MDB-SC, Edinho Bez; os deputados Volnei Weber e Ada de Luca; a presidente do MDB Mulher no Estado, Dirce Heiderscheidt; a prefeita de Rancho Queimado, Cleci Veronezi, o vice-prefeito de Brusque, José Ari Vequi; o vogal da Executiva Ronaldo Benedet; o suplente Paulo Roberto França; e o secretário-executivo da sigla em Santa Catarina, Beto Ferreira.

A pauta incluiu ainda as convenções estaduais do MDB Mulher e da JMDB, marcadas para 7 de dezembro. Dirce colocou-se à disposição para prosseguir na direção do segmento feminino. Na juventude, o mais jovem vereador do Estado, Filipe Schmitz, de Antônio Carlos, manifestou seu interesse em competir pela presidência. Nada impede, porém, que surjam outras candidaturas.

Posts relacionados

Bolsonaro sanciona Pronampe, projeto do Senador Jorginho Mello

Redação

Indústria de SC tem o melhor desempenho mensal desde 2002

Redação

Comitiva pressiona deputados pela manutenção de incentivos fiscais

Redação