Blog do Prisco
Notícias Últimas

Moreira novamente com setores produtivos

Eduardo Pinho Moreira concedeu coletiva de imprensa na manhã de ontem, feriado, para fazer um balanço da situação de Santa Catarina após a desmobilização da maior parte do movimento dos caminhoneiros.

O governador frisou que os serviços essenciais à população foram mantidos durante o período agudo da greve, que gerou desabastecimento, dificuldades logísticas e prejuízos incalculáveis à economia.

Nesta sexta-feira, Moreira vai se reunir novamente com os líderes das federações empresariais e de trabalhadores para definir as ações para redução de danos depois de 10 dias de greve dos transportadores.

Uma das ideias à mesa, segundo o governador, é “incentivar os catarinenses a comprarem mais produtos de Santa Catarina.”

Essa mesa redonda com o Executivo e os segmentos econômicos será um momento importante e balizador para o futuro ante o cenário extremamente delicado.

União faz a força

Na terça-feira à tarde, na Presidência da Assembleia, por iniciativa do Parlamento, os presidentes de federações empresariais, laborais e dos demais poderes, se reuniram com o governador e os deputados. Estiveram a portas fechadas por mais de duas horas. Sintonizaram a atuação e a normalidade começou a ser restabelecida no Estado mediante a aplicação correta da legislação em vigor logo em seguida. Na quinta-feira, os catarinenses já amanheceram com sinais de normalidade no seu cotidiano, apesar do feriado católico de Corpus Christi.

Duodécimo da saúde

A saúde de Santa Catarina obteve importante conquista: a Lei do Duodécimo da Saúde foi sancionada pelo governador Eduardo Pinho Moreira e publicada no Diário Oficial do Estado de terça-feira, 29. Dessa forma, passa a ser mensal o repasse de recursos direto ao Fundo Estadual da Saúde, garantindo o orçamento definido para o setor e permitindo um melhor gerenciamento da verba pela Secretaria de Estado da Saúde.

Triangulação

A proposta do duodécimo teve forte apoio da ACM (Associação Catarinense de Medicina), através do seu presidente, Ademar José de Oliveira Paes Junior, que defendeu e debateu o projeto junto ao secretário de Estado da Saúde, Acélio Casagrande, e ao secretário adjunto, Marcelo Lemos dos Reis, logo após a posse da nova gestão da Saúde, em fevereiro .

Meta

Para o dirigente da ACM, a nova lei é passo fundamental para que “o Governo do Estado possa cumprir, de fato, a meta de priorizar a assistência médico-hospitalar dos catarinenses, que hoje registra uma de suas mais graves crises”.

Resumo

Manifestação legítima e histórica dos caminhoneiros. Isso não se discute. A categoria canalizou um sentimento na latente de revolta enraizado na sociedade, que não aguenta mais tanta corrupção, desmandos, privilégios e uma carga tributária insuportável.  Isto posto, o resumo, nu e cru, de toda a movimentação é o seguinte: os caminhoneiros ganharam tudo o que pediram, todos vão pagar a conta, os prejuízos  são incalculáveis, a inflação e o desemprego vão aumentar e a gasolina ficou ainda mais cara nas bombas!

Respaldo

O PSDB Barriga Verde emitiu uma nota emprestando total solidariedade ao senador Dalirio Beber, citado na operação Registro Espúrio, que investiga fraudes nas concessões de registros sindicais. Assinado pelo presidente estadual da sigla, deputado Marcos Vieira, o texto diz que o partido “tem total e irrestrita confiança na lisura dos atos do Senador da República Dalirio Beber.” E reproduz a nota distribuída no dia anterior pelo próprio Dalirio.

 

Posts relacionados

MITO LULA DA SILVA COMEÇA A RUIR, GERANDO INCERTEZA PARA O FUTURO DO PT E DO GOVERNO

Autor

Colombo recebe Ordem do Mérito Educacional

Autor

SST lança edital para R$ 10 milhões em obras de novos CRAS

Autor