Blog do Prisco
Manchete

Morre o ex-senador Jaison Tupy Barreto

Morreu, na noite de domingo, aos 88 anos, o ex-senador Jaison Tupy Barreto. Segundo o boletim médico, o falecimento se deu por problemas cardíacos. Ele vivia, há muitos anos, em Balneário Camboriú. 

Ele foi um combativo líder político nas décadas de 1970 e 1980, quando exerceu mandatos de deputado federal e senador.

Em 1978, ele chegou ao Senado, votação que lhe abriu caminho para disputar o governo do estado quatro anos mais tarde quando retornaram as eleições diretas para governador.

Jaison Barreto perdeu para Esperidião Amin por apenas 12,5 mil votos. Percebendo a força do emedebista, o ex-governador Jorge Konder Bonrhausen (eleito pela Alesc após ser indicado por Ernesto Geisel), já em 1978 apostou todas as fichas em Esperidião Amin.

Entregou a secretaria de Transportes a Amin, que havia sido o deputado federal mais votado da história de Santa Catarina. JKB já previa que somente Amin poderia vencer Jaison em 1982.

Em 1985, Jaison e Esperidião Amin se tornaram aliados no contexto da AST, Aliança Social Trabalhista. Chiquinho Assis, que era deputado estadual e secretário da Casa Civil de Esperidião Amin, encabeçou a  chapa para prefeito, com Manoel Maneca Dias, indicado por Jaison Barreto, de vice.

Foi nesse pleito que Edison Andrino surpreendeu a AST, elegendo-se prefeito na Capital, vitória que abriu caminho para que o MDB chegasse ao governo estadual pela primeira vez no ano seguinte, quando Pedro Ivo Campos elegeu-se governador.