Blog do Prisco
Manchete

MPF pede informações ao município de Criciúma sobre tratamento precoce da covid-19

O Ministério Público Federal (MPF) instaurou o inquérito civil 1.33.003.000259/2020-86 para investigar o cumprimento pelo município de Criciúma das orientações do Ministério da Saúde para manuseio medicamentoso precoce de pacientes com diagnóstico da covid-19 e a adequada fiscalização por parte dos Conselhos Regionais de Medicina e de Farmácia.

O inquérito, instaurado de ofício pelo procurador da República Fábio de Oliveira, do MPF em Criciúma, teve como fundamento divulgação pela mídia de que Criciúma disponibilizará tratamento alternativo para o tratamento da covid-19.

Com o inquérito civil, o município foi oficiado para que apresente, com urgência, cópia do protocolo clínico adotado e distribuído aos médicos de Criciúma, com orientações para o “manuseio medicamentoso precoce” no tratamento de pacientes com diagnóstico de covid. “Manuseio medicamentoso precoce” é quando o paciente de covid-19 recebe medicação logo no começo da infecção, antes de apresentar sintomas mais graves.

Posts relacionados

“Quero ser um protagonista no fortalecimento do DEMOCRATAS no Estado”

Redação

PSL da Amurel reúne mais de 300 lideranças em Tubarão

Redação

Líderes indicam os membros da comissão especial do impeachment

Redação