Blog do Prisco
Destaques

Nadal defende unificação de eleições e mandatos majoritários sem reeleição

A situação crítica de muitas prefeituras diante da crise sanitária e seus efeitos na economia dos municípios foi assunto na sessão da Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (3). O deputado Mauro de Nadal (MDB) acompanha com atenção o posicionamento da Federação Catarinense de Municípios (Fecam), que apoia o adiamento das eleições previstas para outubro, sob argumento de que não há ânimo para debater política em meio à pandemia do novo coronavírus. “Vivemos um dilema, momento de inquietude. Nossos prefeitos estão em meio à insegurança sobre a extensão de seus mandatos”, observa o vice-presidente do parlamento estadual. “A decisão cabe ao Congresso e ao Tribunal Superior Eleitoral, e espero a deliberação seja rápida”, reforçou o parlamentar.

Mauro lembrou que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia é contra a prorrogação de mandatos. “Particularmente sou favorável a unificação, com eleições para mandatos por cinco anos, sem direito a releição nas majoritárias”, observou. O deputado vê com dificuldade o avanço da tese da prorrogação para os atuais mandatos, mas lembra que já houve exceção em mudança de legislação, quando a reeleição presidencial foi aprovada no Congresso e beneficiou o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

“Sou contra legislar por exceções”, destacou o deputado. “Mas entendo que é muito prejudicial parar um país do tamanho do Brasil a cada dois anos, para o debate político. É penoso para o cidadão e honeroso para a máquina pública”, opina Mauro de Nadal.

Posts relacionados

Com déficit de R$ 13,7 bi, governo do Estado mexe na previdência

Autor

Vice de Gean Loureiro pode ser do PSDB

Autor

Deputado e direção se unem para recuperar Hospital de Laguna

Redação