Blog do Prisco
Notícias

“O PMDB vive o momento de maior unidade em sua história”, avalia Mariani

O PMDB catarinense terá candidato a prefeito em pelo menos 250 municípios e não abre mão de cidades estratégicas como Chapecó, Joinville, Florianópolis, Itajaí, Criciúma, entre outras. Além disso, segue ainda mais unido, motivado e mobilizado, somando mais de 15 mil novos filiados e percorrendo o estado, como fez neste final de semana realizando os encontros regionais da Jornada da Unidade, em Quilombo e Chapecó, e o Dia Estadual de Filiações, no sábado (15), com eventos paralelos em todos os municípios. “O PMDB forte e unido é motivo de preocupação para alguns. Essa nossa caminhada está surgindo efeito, a unidade e motivação estadual espalham-se pelos municípios. E isso vai dar resultado também nas vitórias”, afirma o presidente em exercício do partido, deputado estadual Valdir
Cobalchini.

pmdb dia de filiações 2

De acordo com Cobalchini, o PMDB, que desde março deste ano já percorreu mais de 150 municípios e realizou sete encontros regionais da Jornada da Unidade, cresce com novas filiações, somando pelo menos mais de 15 mil novos nomes, neste período.

Os encontros regionais, realizados sexta e sábado, em Quilombo e Chapecó, contaram com a participação do senador Dário Berger, deputados federais Valdir Colatto, Celso Maldaner e Mauro Mariani e do deputado estadual Mauro De Nadal, além de coordenadores regionais, prefeitos, vereadores, presidentes municipais, entre outras lideranças. O vice-governador, Eduardo Pinho Moreira, participou do Dia Estadual de Filiações em Criciúma, abonando a ficha de mais de 200 novos peemedebistas.

No oeste, o deputado Mauro Mariani fez questão de destacar a unidade das lideranças estaduais do PMDB e a força que o partido tem nos municípios, falando do novo momento da sigla. “O PMDB vive hoje o seu melhor momento, o momento de maior unidade em sua história. E a força do PMDB está na sua base, com o trabalho de nossa militância nos municípios. Nós não vamos manter o número de prefeituras, nós vamos com certeza aumentar e chegar ainda mais fortes ao projeto de 2018. Nós teremos candidato e um projeto sólido. Entre nós, não há mais disputa”, afirmou.

O senador Dário Berger reforçou a unidade do partido. “Nós carregamos o sonho de construir um PMDB cada vez mais forte e representativo. Em 2016 nós precisamos repetir e ampliar o bom desempenho de 2012, precisamos chegar a 115 prefeituras. E unidos, como estamos hoje, e com a força de vocês, vamos conseguir essa vitória”, disse.

Em Chapecó, o deputado federal Valdir Colatto afirmou que o partido estará preparado para disputar a eleição no município e mobilizado na região oeste para somar esforços e garantir o sucesso do projeto estadual. “Nenhum outro partido tem a força que o PMDB tem, a disposição e a vontade”.

CHAPECÓ – Chapecó é a capital do oeste catarinense e para os líderes do PMDB é “emblemática para a eleição de 2016. A candidatura própria na cidade foi unanimidade nos discursos. O deputado federal Celso Maldaner afirmou que dará todo o apoio ao projeto no município. “O PMDB tem que ter candidato, aqui em Chapecó, ao Governo do Estado, em 2018, e ao Governo Federal. Eu quero vir aqui pedir voto para o 15 e se faltar nome eu mesmo sou candidato, mas não podemos deixar de concorrer”.
O deputado estadual Mauro De Nadal destacou a mobilização da sigla pelo estado, elogiando o presidente e a executiva estadual por ouvir as bases e construir um projeto com unidade. “Em todos os municípios onde o PMDB passa, onde o PMDB governa, as marcas ficam na vida das pessoas, de forma muito positiva e isso nós dá motivação para construir novos projetos”, afirmou.

O presidente municipal do PMDB, Irio Grolli, anunciou que no próximo dia 12 de setembro o PMDB de Chapecó e região promoverá um grande ato de filiações. Os eventos regionais da Jornada da Unidade foram organizados pelos coordenadorias regionais do PMDB, sob o comando de Walmor José Pederssetti, de São Lourenço do Oeste; Gilberto Ari Tomasi, de Chapecó; e Neuri Meurer, de Quilombo. Os ex-governadores Paulo Afonso e Casildo Maldaner justificaram ausência devido a compromissos pré-agendados.

Fotos: Soledad Urrutia, PMDB-SC, divulgação