Blog do Prisco
Manchete

Os detalhes da absolvição de Seif no TRE-SC

O plenário do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) rejeitou, por unanimidade, sete votos a zero, o pedido de cassação do mandato do senador Jorge Seif na sessão do pleno que terminou nesta terça-feira, 7, à noite.
Ocorre que a votação ficou em 5 a 2 quanto à acusação do suposto crime de abuso do poder ecoômico, que envolve o empresário Luciano Hang e a Havan.
É neste ponto que o TSE deve se apegar, considerando-se que se trata de uma corte capciosa, tendenciosa, militante.
A defesa de Seif, a cargo do advogado Juliano Cavalcanti, vai aguardar a publicação do acórdão para se inteirar do posicionamento de cada desembargador nas três situações distintas que envolvem o processo.
Acerca da questão do suposto abuso de poder econômico, Cavalcanti adianta que o voto da relatora foi vencido (5 a 2 a favor de Seif) e que se esse ponto não for detalhado no acórdão, ele pedirá o embargo da publicação.
Noutro questionamento, o placar foi de quatro a três também favorável ao senador.
Juliano Cavalcanti se mostra animado em relação ao julgamento no TSE. Acredita num julgamento técnico e salienta que alguns votos de desembargadores catarinenses deixaram muito claras as diferenças entre os processos do ex-prefeito de Brusque, sede da Havan, Ari Vequi – cassado pelo TSE – e a ação contra Jorge Seif.
Os autores da ação em Santa Catarina já anunciaram que vão recorrer da decisão do TRE.

foto>Jefferson Rudy, Ag. Senado, arquivo

Posts relacionados

Depois de repercussão, Seif reafirma apoio a Ricardo Guidi em Criciúma

Redação

Seif propõe que municípios afetados por enchentes possam suspender temporariamente pagamentos ao BNDES

Redação

A situação de Guidi em relação ao mandato

Redação