Blog do Prisco
Coluna do dia

País do avesso

País do avesso

“Nós temos uma Suprema Corte totalmente acovardada, nós temos um Superior Tribunal de Justiça totalmente acovardado, um Parlamento totalmente acovardado. Somente nos últimos tempos é que o PT e o PCdoB começaram a acordar e começaram a brigar. Nós temos um presidente da Câmara f….., um presidente do Senado f…… Não sei quantos parlamentares ameaçados. E fica todo mundo no compasso de que vai acontecer um milagre e vai todo mundo se salvar. Sinceramente, eu tô assustado com a República de Curitiba.” Palavras de Lula da Silva, falando ao celular grampeado. Na República do faz-de-conta, o governo apoia as investigações. Neste país da vida real, contudo, o ex-presidente, que um dia foi mito, há décadas foi metalúrgico e líder sindical, e hoje encarna a mais absoluta antítese de tudo o que pregou (da boca pra fora), defende que as instituições e seus comandantes ataquem a Lava Jato. A operação expôs as entranhas podres do sistema de governo do PT, que adotou a corrupção generalizada e o deboche irrestrito como pilares. Para o criador de Dilma, o essencial é “achincalhar” a Lava Jato. A frase acima, pinçada das tantas que foram reveladas com autorização do juiz Sérgio Moro, sintetiza o que pensa o fundador do PT, doutrina que é seguida à risca pelos fanáticos que o seguem. Estarrecedor e trágico. É o fim da linha!

 

Escárnio

A ex-mãe do PAC nomear o ex-presidente da República mais encrencado da história deste país três dias depois das históricas manifestações de 13 de março é acinte, deboche, provocação e escárnio. Também ficou cristalino que a canetada tem o objetivo de atrapalhar a Lava Jato, concedendo foro privilegiado ao fundador do PT.

 

Golpe ou contragolpe?

A nomeação de Lula da Silva para a Casa Civil também soa como um golpe de Dilma em seu próprio governo. Com direito a mudança, inclusive, no sistema de governo. De presidencialismo para parlamentarismo. O ex-presidente volta ao Planalto com ares de primeiro ministro ou superministro. A ela restará o papel de Rainha da Inglaterra. Não por acaso, Lula e sua turma vinham tentando classificar o impeachment e as investigações da Lava Jato como um golpe.

 

Estridente

Panelaços e buzinaços por todo o país na quarta-feira à noite, durante a edição do Jornal Nacional que escancarou as conversas de Lula da Silva e sua trupe. E também durante o discurso de Dilma na posse de Lula, ontem no final da tarde. O povo também voltou às ruas. Ninguém aguenta mais!

 

Tucano

Conforme a coluna havia antecipado, o deputado estadual Mário Marcondes saiu do PR e assinou ficha no PSDB. Os tucanos asseguram a ele legenda para disputar a prefeitura de São José.

 

Atravessada

Vereadores tucanos de Florianópolis, Edinho Lemos e Guilherme Botelho, passaram a manhã inteira de ontem no gabinete do deputado João Amim, do PP. Em pauta, a perspectiva de se formar uma chapa PP-PSDB à prefeitura. O detalhe é que a executiva municipal não deu consentimento para a negociação e, em princípio, está fechada com Cesar Junior. Mas a iniciativa não deixa dúvidas: o PP, nos bastidores, se movimenta para ter cabeça de chapa na eleição deste ano. Resta saber se com Angela ou o próprio João Amin.

Posts relacionados

Final de Semana

Autor

Derrota governista

Autor

Senado resolvido, Câmara pendente

Autor