Blog do Prisco
Coluna do dia

Pires na mão

Prefeitos de todo o Brasil e de Santa Catarina, que levará uma comitiva de peso, estão em Brasília para a tradicional marcha em busca de mais recursos e de revisões pontuais nas relações entre União, Estados e Municípios. É o caminho que os mandatários municipais encontram enquanto não se discute e se avança na direção de um novo pacto ,mais do que necessário pacto federativo no país.

Ontem, somente de Santa Catarina, chegaram ao Planalto Central 161 prefeitos, mais da metade dos executivos, considerando-se que o Estado tem 295 municípios.

Esta é vigésima primeira edição do evento, que a cada ano ganha mais apelo em função do sufoco dos caixas municipais. Nos últimos anos, as responsabilidades financeiras das prefeituras aumentaram muito. Os repasses da União não acompanharam  ritmo.

Além do pleito de sempre, para que os municípios tenham mais participação nos recursos distribuídos a partir de Brasília, os prefeitos, este ano, estão apelando para que haja isonomia entre os regimes geral e próprio (de cada prefeitura) de Previdência; a correção do piso do magistério e a atualização da lei de licitações. A conferir se haverá algum avanço significativo.

 

Suprapartidário

Paulo Bauer fechou 2017 determinado a cumprir a meta de atender todos os 295 municípios catarinenses. E no primeiro semestre de 2018 veio a confirmação de que cada cidade do Estado, independente de qual partido seja o prefeito, recebeu emenda parlamentar indicada pelo senador do PSDB.

 

Sob Dilma

Na noite da última sexta-feira, em Saudades , aconteceu a prova maior. Bauer informou ao prefeito Daniel Kothe, do PT, que indicou R$ 100 mil para o hospital da cidade. Tudo sob a foto da ex-presidente Dilma Roussef, que ainda é mantida na parede do gabinete do paço municipal.

 

Parceira com Dalirio

Só no roteiro que fez no Extremo-Oeste, o tucano entregou ofícios para 24 prefeituras. Ao total, foram R$ 745 mil pagos, R$ 682.271,00 já empenhados e R$ 440 mil em novas indicações. Outros R$ 830 mil foram empenhados também em conjunto com o senador Dalírio Beber (PSDB).

 

Estadualizando

Napoleão Bernardes (PSDB) está em uma intensa agenda pelo sul do Estado desde a última sexta-feira. O ex-prefeito de Blumenau e pré-candidato ao Senado, esteve em Tubarão, Forquilhinha, Nova Veneza, Jaguaruna, Maracajá, Turvo e Meleiro. Ele se reuniu com lideranças políticas, empresariais e comunitárias. Nesta segunda-feira, o tucano estará cumprindo agenda em Criciúma durante todo o dia. A noite ministra uma palestra na UNESC.

 

Embargo

Ao todo, 20 fábricas foram afetadas pelo embargo, três das quais em Santa Catarina, localizadas nos municípios de Chapecó, Concórdia e Capinzal. Neste último, cerca de 3 mil trabalhadores foram colocados em férias coletivas por um frigorífico em função da diminuição das exportações. Esta foi uma das preocupantes constatações de audiência pública promovida em Capinzal pela Comissão de Agricultura e Política Rural da Alesc, para debater os impactos do embargo da União Europeia à carne de frango brasileira. O evento foi, realizado a pedido do deputado Dirceu Dresch (PT).

Posts relacionados

Diferenças vão aparecendo

Autor

Alckmin: convergência em SC

Autor

Cancelada a retroatividade a procuradores

leander